Samsung anuncia recall mundial do Galaxy Note7 após problemas com baterias

O Galaxy Note7 foi lançado há duas semanas, recebeu uma penca de reviews absolutamente entusiásticos (mesmo sendo mais lento que o iPhone 6s) e tem vendido muito bem, obrigado — há quem estime cerca de 1 milhão de unidades despachadas no período. Em suma, a maré está totalmente a favor da Samsung.

Samsung Galaxy Note7

Ou melhor, talvez não tão totalmente assim. Após uma semana de controvérsias em relação à bateria do seu novo e célebre smartphone phablet, a sul-coreana confirmou hoje que fará um recall mundial do Note7 para acabar com os problemas de aparelhos superaquecendo e explodindo sem razão aparente.

Galaxy Note 7 "explodido" após problema com bateria

A Samsung, em comunicado oficial, afirmou que a malfunção é causada por um número pequeno de baterias com um problema na célula de energia. Apenas 35 aparelhos ao redor do mundo foram atingidos com o problema até agora, mas para evitar futuras dores de cabeça, a empresa vai substituir *todas* as unidades vendidas por novas nas próximas semanas.

A venda do Note7 também foi suspendida temporariamente enquanto a fabricante averigua o problema mais amplamente e o lançamento do aparelho em mercados onde ele ainda não aterrissou (como o Brasil) foi adiado.

São más notícias para a Samsung, que vinha numa retomada impressionante desde o lançamento do Galaxy S7 após um 2015 decepcionante — especialmente considerando a concorrência de peso que a aguarda daqui a meros cinco dias.

[via Recode]

Posts relacionados

Comentários