Afinal, o que esperar do “iPhone 7”?

Muito, muito já se falou sobre o “iPhone 7” e suas rumoradas características. Algumas, como a retirada da saída de 3,5mm, um visual bastante parecido com o do iPhone 6s (apenas com um redesenho das antenas na traseira) e a câmera dupla no modelo Plus são praticamente certos; outras, porém, ainda estão naquela zona “pode acontecer, mas eu não colocaria a minha mão no fogo por isso”.

O analista Ming-Chi Kuo, da KGI Securities, é um dos poucos que ainda acerta bastante quando o assunto é previsão de novos produtos da Apple. Isso porque ele tem bons contatos na Ásia, onde as parceiras que produzem/montam iGadgets e Macs possuem instalações. Poucos dias antes do evento especial da Apple, Kuo compartilhou algumas informações sobre o novo aparelho.

Processador

Segundo ele, o “iPhone 7” virá com o processador A10. Até aí, nenhuma surpresa já que todos os anos a Apple lança um novo processador (o iPhone 6s conta com o chip A9). Kuo, porém, afirma que este chip rodará a 2,4GHz. A TSMC continuaria sendo a responsável pela sua produção, utilizando um novo processo chamado “InFO”.

Cores

Assim como já falamos, Kuo afirmou que “iPhone 7” virá com cinco diferentes opções de cores. Novamente, nenhuma novidade. A diferença é que, para o analista, essas cinco cores serão: prateada, dourada, ouro rosa, preto escuro (dark black) e preto brilhoso (black piano). Sentiram falta de alguma cor? Pois é, nada de cinza espacial segundo o analista.

Ainda segundo Kuo, por conta dos problemas na produção, inicialmente esse preto brilhoso poderá ser oferecido apenas nas versões de maior capacidade do “iPhone 7”.

Display

Tamanhos (4,7″; 5,5″) e resoluções (1334×750; 1920×1080 pixels) das telas permanecerão exatamente iguais no “iPhone 7/7 Plus”. Contudo, o display ganhará características iguais ao do iPad Pro de 9,7 polegadas, sendo capaz de processar uma gama de cores maior.

Câmeras

Apesar de sabemos que a câmera do modelo de 4,7 polegadas receberá melhorias, a câmera dupla do “iPhone 7 Plus” é a grande estrela. Para Kuo, estamos falando de duas câmeras com 12 megapixels cada, uma grande angular e outra telefoto. O grande trunfo dessa dupla seria a possibilidade de darmos zoom óptico. Enquanto a câmera grande angular teria pixels maiores, um jogo de 6 lentes e estabilização óptica, a telefoto teria pixels menores e um jogo de 5 lentes.

O flash também ganhará melhorias, passando de um jogo de dois LEDs (um quente e um frio) para quatro (dois quentes e dois frios).

Capacidade e RAM

Para Kuo, a Apple não apenas abandonará o modelo de 16GB como também o de 64GB. Desta forma, a linha ficará assim: 32GB, 128GB e 256GB — como é hoje no iPad Pro de 9,7″.

O “iPhone 7” continuará com os atuais 2GB de RAM encontrados no iPhone 6s; contudo, o “iPhone 7 Plus” poderá ganhar 1GB de RAM a mais (totalizando 3GB de RAM) principalmente para ajudar o sistema a segurar o tranco da nova iSight (câmera dupla).

Fones de ouvido

Já falamos aqui que a retirada da saída de 3,5mm é algo certo. Mas será que a Apple distribuirá fones Bluetooth na caixa do “iPhone 7” ou EarPods com conector Lightning junto de um adaptador? Para Kuo, a Apple decidiu ir com a segunda opção (fones *com* fio e adaptador de Lightning para 3,5mm).

Ainda de acordo com o analista, o espaço interno utilizado pela saída de 3,5mm será usado para melhorar o sistema de reconhecimento do 3D Touch. Externamente, o que veremos será uma segunda fileira de alto-falante, mas tudo não passa de algo cosmético. Ali dentro teremos um novo sensor para melhorar a experiência do usuário com o 3D Touch. Para compensar a não inclusão de um segundo alto-falante (que possibilitaria som estéreo, como no iPad Pro), a Apple adicionará um novo amplificador interno.

Mais resistência à água

O “iPhone 7” ganhará a mesma classificação de resistência à água (IPX7) do Apple Watch (até 1 metro de profundidade por até 30 minutos), o que certamente é muito bem-vindo levando em consideração todos os testes feitos com o relógio e a forma como o aparelho performou neles.

Derrubou o iPhone no vaso? Jogaram você na piscina com o telefone no bolso? Ao menos esses casos, o iPhone tem tudo para continuar vivendo sem danos.

Previsão de vendas

Essa caraterística (resistência à água) teria complicado um pouco a produção do aparelho, atrapalhando a Apple a alcançar o número desejado até o fim do ano. Juntando isso com o esfriamento do mercado de smartphones como um todo, Kuo acredita que a Apple venderá algo entre 60-65 milhões de unidades do “iPhone 7” em 2016, bem abaixo dos 82 milhões de iPhones 6s comercializados até o fim de 2015.

·   ·   ·

Kuo não fez nenhuma grande revelação. O que mais me surpreendeu foi a notícia de a Apple distribuir fones com fio e um adaptador depois de vermos supostas caixas do “iPhone 7” e do “iPhone 7 Plus” falando justamente o contrário (que o aparelho virá com fones Bluetooth).

Apesar de ter boas fontes, o analista também pode errar. Por essas e outras, não deixe de acompanhar as novidades que serão anunciadas na quarta-feira aqui no MacMagazine. 😉

[via 9to5Mac]

Posts relacionados

Comentários