Apple altera preços e modalidades de reparos de iPhones no AppleCare+; avisa que o iPhone 7 preto brilhante *pode* riscar

Dentre a grande quantidade de novidades anunciadas hoje, é natural que algumas delas acabassem não encontrando tempo na keynote para ganharem um anúncio com pompa e circunstância em frente à plateia. Uma delas foi uma alteração feita pela Apple no seu plano de garantia estendida, o AppleCare+.

Apenas o plano para iPhones sofreu alterações, e agora um reparo unitário de dano acidental custa US$129 para os iPhones 7/7 Plus e US$99 para todos os outros iPhones à venda — antigamente, modelos mais antigos ou baratos, como o iPhone SE, podiam ser reparados por US$79, opção de preço que não existe mais.

Logo do AppleCare+Apesar do aumento de preço, a Apple adicionou uma nova modalidade de reparo referente exclusivamente à substituição da tela do iPhone em questão por apenas US$29. Considerando que boa parte dos reparos do AppleCare+ têm a ver justamente com telas quebradas, estas são boas novas para aqueles que escolhem segurar seus novos e preciosos aparelhos.

A Apple frisa que o AppleCare+ não cobre danos causados por líquidos — nem mesmo nos novos iPhones, que são resistentes à água. Isto porque, naturalmente, os iPhones 7/7 Plus não são totalmente à prova d’água como, por exemplo, o Apple Watch Series 2; a Maçã inclusive adiciona um aviso relacionado a isso ao fim do seu vídeo promocional. Portanto, nada de tirar fotos debaixo d’água com aquele maravilhoso novo sistema de câmera dupla, com garantia estendida ou não.

Lembrando que o AppleCare+ ainda não está disponível para compra no Brasil, mas já é oficialmente atendido nas lojas da Maçã em território nacional.

·   ·   ·

Em um assunto relacionado, a Apple precisa falar conosco sobre a nova e visualmente incrível cor preta brilhante (jet black) dos iPhones 7/7 Plus. E as notícias não são exatamente animadoras: segundo Tim Cook e sua turma, o aparelho neste acabamento “pode” riscar.

iPhone 7 Plus jet black inclinado de costas

Um aviso adicionado ao rodapé de todas as páginas relacionadas aos iPhones 7/7 Plus no site da Apple afirma que, ainda que a superfície traseira dos aparelhos pretos brilhantes seja tão dura quanto a dos outros iPhones de alumínio comum, é possível que o brilho apresente pequenos desgastes e riscos com o tempo:

O acabamento de alto brilho do iPhone 7 preto brilhante é conquistado através de um processo especializado de nove passos de anodização e polimento. Sua superfície é tão dura como a de outros produtos anodizados da Apple; entretanto, seu brilho pode apresentar finas micro-abrasões com o uso. Se você se preocupa com isto, nós sugerimos o uso de uma das muitas cases disponíveis para proteger o seu iPhone.

É uma atitude inesperadamente sincera da Apple, mas a informação certamente era algo já esperado — qualquer pessoa que já foi dona de um iPod com fundo de aço inoxidável, como eu, sabe que esse tipo de superfície risca com um sopro.

Colocar uma case num aparelho tão bonito, por outro lado, talvez seja meio que um contrassenso (a menos que ela seja transparente, como a Nuance vendida na MM Store); por isso, veremos se o impressionante iPhone jet black fará sucesso com os consumidores mesmo após este arroubo de honestidade da Maçã.

[via MacRumors, 9to5Mac]

Posts relacionados

Comentários