Apple contrata ex-executivo de TV por assinatura para cuidar de serviços na nuvem

Já faz tempo desde que começaram a surgir rumores de que a Apple estaria indo além da sua set-top box, a Apple TV, entrando efetivamente no serviço de streaming de vídeo — ou até mesmo criando uma TV propriamente dita.

Mesmo que os rumores sobre um serviço de streaming de vídeo tenham sido desmentidos pelo próprio Eddy Cue1, não podemos fechar os olhos para os programas que a Maçã tem produzido para o Apple Music. Um desses, “Planet of the Apps”, já está em fase avançada, com grandes artistas em sua lista de nomes.

Segundo o Wall Street Journal, um passo que pode contribuir com esses avanços foi dado pela Apple, que acaba de contratar Peter Stern — antigo executivo de um serviço de TV por assinatura dos Estados Unidos, a Time Warner Cable. O executivo, que trabalhava como sênior de estratégia e em desenvolvimento corporativo, deixou a empresa logo depois de ela ter sido comprada pela rival, a Charter Communications Inc. Uma de suas últimas “missões” lá era implementar melhoras no serviço ao cliente e arrecadar mais assinaturas. Seu vasto conhecimento ainda inclui doutorado em Direito em Yale e graduação em Inglês e Música em Harvard.

Peter Stern contratação
Peter Stern como palestrante na conferência de líderes WICT, em 2011

Na Apple, Stern responderá a Cue e ficará encarregado de serviços da nuvem, mais especificamente o iTunes, o iCloud e o Apple Music. Ele também poderá contribuir bastante para o desenvolvimento da Apple TV, sendo que era uma das poucas pessoas no ramo de TVs por assinatura que defendia que provedoras parassem de fornecer seus próprios aparelhos e utilizassem somente seus aplicativos em set-top boxes existentes no mercado.

Em entrevista, Cue já demonstrou o desapreço da Maçã quanto aos serviços de TV por assinatura, alegando estarem atrás na tecnologia. Por isso, é possível que essa nova adição possa contribuir bastante para projetos da empresa, seja para melhorar o que já existe ou para trazer novos produtos/serviços para nós, consumidores.

[via 9to5Mac]

Posts relacionados

Comentários