iCloud fica em quinto (e último) lugar entre serviços da nuvem em pesquisa de satisfação da J.D. Power

As coisas não estão boas para o serviço de nuvem da Apple. Em uma pesquisa recente realizada pela empresa J.D. Power, o iCloud amargou o quinto e último lugar no ranking de satisfação dos consumidores quando posto à frente dos seus competidores no ramo.

Publicidade

A pesquisa levou em conta nove fatores, listados a seguir em ordem de importância: preço do serviço, capacidade de armazenamento, facilidade de uso, variedade de recursos oferecidos, confiabilidade, velocidade de download/upload de arquivos, funcionalidade em diferentes dispositivos, segurança e consistência através dos sistemas operacionais. O resultado é dado numa pontuação que pode variar entre 0 e 1.000.

Ranking de satisfação dos consumidores entre os serviços de nuvem

E quem se deu melhor nessa história toda foi o Box, que teve notas altas em todos os quesitos — especialmente nos de preço, capacidade, recursos, velocidade e segurança. Ele ficou com 879 pontos no ranking final, seguido pelo OneDrive, da Microsoft (872 pontos), e pelo Cloud Drive, da Amazon (870).

Publicidade

Em quarto lugar, o Dropbox conquistou 858 pontos e, numa deprimente última colocação entre os serviços pesquisados, o nosso bom e velho iCloud, da Apple, ficou com meros 846 pontos. Considerando que a média de satisfação do segmento em geral ficou na casa dos 860, estes dois últimos ficaram abaixo do nível considerado mediano pelos consumidores.

Pra piorar a situação da Apple, cada um dos serviços recebeu uma classificação da J.D. Power: o Box ficou com o selo “entre os melhores”, OneDrive e Cloud Drive foram “melhores que a maioria”, Dropbox foi considerado “na média” e o iCloud recebeu o desonroso selo de “o resto”. Duro, né?

Pelo menos a Maçã pode usar a pesquisa para melhorar o seu serviço, até porque os caras forneceram um bocado de informações interessantes. Por exemplo, no universo da pesquisa, 39% dos consumidores indicaram ter planos com 50GB de armazenamento; 32% tem já 1TB e outros 17% possuem planos ilimitados associados a um tipo específico de arquivo (pense no Google Fotos).

Publicidade

Falando dos dispositivos em que estes serviços são mais acessados, iPhones (56%) e iPads (40%) foram o segundo e o terceiro colocados, respectivamente, em termos de maior volume de uso — perderam apenas para os laptops e computadores de mesa (69%). As razões citadas pelos consumidores como mais determinantes na hora de escolher seu serviço de nuvem foram facilidade de uso (46%), preço (41%) e reputação da marca (38%).

Abre o olho, Apple…

[via Apple World Today]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…