Para os de estômago forte: iPhones 7 são submetidos a todos os tipos de teste, incluindo resistência a riscos e líquidos

O roteiro já é conhecido: basta um novo modelo de iPhone chegar às mãos dos consumidores, e em questão de horas começam a pipocar nas redes enxurradas de vídeos com celerados testando (e destruindo) os novos aparelhos das formas mais grotescas imagináveis.

Com o iPhone 7 não está sendo diferente — se você pesquisar no YouTube, vai encontrar de tudo, de malucos com martelos e machados a doidos profissionais com prensas hidráulicas.

Como nós preferimos o lado mais razoável das coisas, trouxemos alguns vídeos ainda bastante arrepiantes, porém testando aspectos do dia-a-dia de uso que vitimam ou marcam muitos iPhones no mundo inteiro: riscos, quedas e interações com líquidos. Este último fator é especialmente interessante este ano, já que o iPhone 7 possui, pela primeira vez, certificado de resistência IP67 — ainda que a Apple continue não cobrindo na sua garantia danos relacionados a líquidos.

O primeiro teste é o de resistência a riscos, e o canal JerryRigEverything levou a coisa a sério: testou absolutamente todos os componentes externos do iPhone 7 preto matte: tela, carcaça, lente, antenas, botões, alto-falantes, bandeja de cartão SIM, porta Lightning e o novo “falso” botão de Início.

Como mostra o resultado dos testes, o novo smartphone da Apple não se sai nem melhor nem pior que seus antecessores e concorrentes — objetos comuns como moedas e chaves não irão riscar o seu precioso investimento (usei esse termo por tentar adivinhar o preço que ele chegará aqui no Brasil), mas objetos cortantes ou com um grau de dureza superior serão problema, sim. Tenha cuidado especial com o vidro recobrindo a lente da câmera, que foi riscada “bem facilmente”.

Também é interessante notar que, baseado nas ferramentas usadas no vídeo, nenhuma parte do iPhone 7 é feita de safira. O material, com grau de dureza bastante superior ao vidro, foi especulado como aquele que revestiria o novo botão de Início capacitivo e a proteção da lente, mas aparentemente não é o caso.

O YouTuber aproveitou para testar também a resistência do display a chamas (spoiler: o iPhone se saiu muito bem) e, para não perder o costume, evocou o infame #bendgate do iPhone 6 ao tentar entortar o aparelho. Aparentemente, a construção reforçada do iPhone 6s continua intacta aqui e o iPhone 7 resistiu bravamente às tentativas. Um ponto interessante é notar o novo adesivo grudento que une a tela à carcaça, presente para contribuir na resistência à água.

Falando em resistência à água, o canal infoHut resolveu pôr o novo iPhone sob testes em contato com alguns líquidos: água, refrigerante e algo semelhante a café com leite (baseado puramente na aparência, eu me recuso a chamar aquilo de café). O aparelho saiu totalmente ileso da prova, como era de se esperar, mesmo tendo ficado submerso em água por mais de cinco minutos.

Já a iFixit deixou um iPhone 7 mergulhado em um tanque por mais de 7 horas — o teste só foi interrompido pois o YouTube não permite transmissões ao vivo por mais de 8 horas! E, para completar, quando a bateria do aparelho reduziu para uns 14% (com cerca de 6 horas e 50 minutos de teste), eles ainda plugaram o cabo Lightning para alimentar o bicho. Resultado? Acredite se quiser, ele sobreviveu!

Definitivamente não é o caso de colocarmos os novos iPhones em tanques ou fazer mergulho de profundidade com eles (como falei acima, a Apple continua não cobrindo danos relacionados a líquidos na garantia do iPhone 7), mas o fato é que agora podemos dormir tranquilos sabendo que os bichinhos resistem bem às intempéries dos fluidos.

Ainda neste assunto, o mesmo canal do primeiro vídeo pegou o iPhone vandalizado pelos objetos riscantes e fez uma análise bastante aprofundada (sem trocadilhos, por favor) sobre o que faz o iPhone 7 ser resistente à água.

Os resultados são para lá de interessantes, demonstrando as malhas hidrofóbicas que a Apple empregou em todas as aberturas dos microfones e alto-falantes, as borrachas para isolar todos os componentes e o novo adesivo supergrudento que une a tela à carcaça. Vale a pena assistir.

Por fim, o canal australiano TabTimes publicou o primeiro drop test (teste de quedas) dos iPhones 7 e 7 Plus.

Os resultados foram extremamente positivos: os dois aparelhos saíram ilesos de 12 quedas combinadas, de duas alturas diferentes — a maior delas acima dos 2 metros! A Apple não falou nada sobre um vidro mais resistente nos seus novos smartphones, mas o fato é que eles se saíram melhor que qualquer outro aparelho concorrente no teste das quedas.

De qualquer forma, eu não recomendo que você tente reproduzi-lo em casa.

[via AppleInsider, iClarified]

Posts relacionados

Comentários