Tim Cook e Eddy Cue aparecem na lista anual “The New Establishment”, da Vanity Fair

Lista de 2016 da Vanity Fair

A Vanity Fair traz anualmente uma lista com importantes nomes dos ramos de tecnologia, finanças e entretenimento. Este ano, a The 2016 New Establishment listou alguns nomes ligados à Apple direta ou indiretamente.

O digníssimo CEO da Apple, Tim Cook, apareceu em 11º lugar com uma descrição focada na disputa da Apple com o FBI e a forte rejeição à criação de uma backdoor para o iPhone do atirador de San Bernardino.

Algumas posições depois, aparece o vice-presidente sênior de software e serviços para internet da Maçã, Eddy Cue, que ficou no 54º lugar. A revista destacou sua importância na empresa.

Acredita-se que Cue será cada vez mais importante para o futuro da Apple, impulsionando a empresa a investir em uma programação musical temática e outras formas de conteúdo. A Apple recentemente adquiriu os direitos de um programa de televisão baseado no popular Carpool Karaoke, apresentado por James Corden (#80).

Além dos dois grandes nomes, a revista listou o CEO da Disney e membro do conselho da Apple (Bob Iger; 4º lugar), um ex-investidor da Apple (Carl Icahn; 42º lugar); a mais nova amiga de Tim Cook, a CEO da Didi Chixing (Jean Liu; 9º lugar) e a viúva de Steve Jobs (Laurene Powell Jobs; 73º lugar).

Uma das mulheres mais ricas do mundo (patrimônio líquido: cerca de US$17 bilhões), a viúva de Steve Jobs está investindo a sua riqueza na Emerson Collective, uma organização filantrópica que, como Priscilla Chan (#60), é estruturada como uma empresa de responsabilidade limitada. Powell opôs-se ao filme sobre Steve Jobs, escrito por Aaron Sorkin (e ao livro de Walter Isaacson no qual ele foi baseado), mas ela não precisaria ter se incomodado: o filme foi um fracasso de bilheteria.

No topo desta lista apareceram outros nomes de peso, como o CEO da Amazon (Jeff Bezos; 1º lugar), seguido pelo CEO do Facebook (Mark Zuckerberg; 2º lugar) e o CEO do Snapchat (Evan Spiegel; 3º lugar). Elon Musk, CEO da Tesla, apareceu em 5º lugar, seguido pelo CEO do Netflix (Reed Hastings; 6º lugar) e o CEO do Uber (Travis Kalanick; 7º lugar).

Em 2015, dois nomes da Apple também figuraram na lista: Cook e o chefão de design da Apple, Jony Ive.

[via MacRumors]

Posts relacionados

Comentários