FBI obtém outro iPhone bloqueado de criminoso e pode iniciar mais uma disputa com a Apple

Apple vs. FBI

Quando nós achávamos que toda a novela já teria terminado, percebemos que a disputa da Apple com o FBI é uma guerra muito maior do que parece e aquela tinha sido apenas a primeira batalha — sem um vencedor claro, é bom notar. Agora, a WIRED relatou que a agência de investigação está com outro iPhone bloqueado de um criminoso e pode ser que tenhamos mais uma briga pública vindo por aí.

O FBI conseguiu obter o iPhone de Dahir Adan, estudante de Engenharia da Computação de 22 anos originário da Somália que esfaqueou dez pessoas (não fatalmente) num shopping em Minnesota, nos Estados Unidos, antes de ser morto pela polícia — o grupo fundamentalista Estado Islâmico, posteriormente, declarou que estava por trás do ataque, mas as poucas informações obtidas até o momento indicam que Adan agiu sozinho.

Como no caso de Syed Farook, o atirador que matou 14 pessoas em San Bernardino no fim do ano passado, o iPhone de Adan está bloqueado com uma senha, o que significa que o FBI não pode ter acesso aos seus conteúdos. Em relação ao imbróglio, o agente especial da instituição Rich Thorton declarou:

O iPhone de Dahir Adan está bloqueado. Nós estamos avaliando nossas opções legais e técnicas para obter acesso ao dispositivo e aos dados que ele pode conter.

Em outras palavras, tudo indica que o FBI vai tentar outra investida na Maçã para que a empresa facilite a tarefa de invadir um iPhone bloqueado sem a sua senha de acesso. Da última vez, o pedido de criar uma versão especial do iOS com uma backdoor que permitisse que as agências de segurança burlassem esta proteção foi rechaçado por Cupertino — a empresa alegou que tal criação seria extremamente destrutiva caso caísse em mãos erradas, o que iniciou toda a disputa entre as partes.

Naquela ocasião, o FBI acabou conseguindo acessar o iPhone selado com a ajuda de uma firma israelense — o método empregado, entretanto, não funciona com aparelhos recentes. Ou seja, é bem provável que a agência venha com tudo para cima da Apple novamente.

Esta é uma discussão que envereda em temas extremamente polêmicos — segurança pública e privacidade, para começar. De que lado você está?

[via 9to5Mac]

Posts relacionados

Comentários