Fatia do iOS no mercado de smartphones é a menor desde 2014, enquanto o Android tem novo recorde

A firma dedicada a pesquisas de mercado Strategy Analytics lançou um novo relatório acerca da participação mundial das plataformas móveis, referente ao terceiro trimestre de 2016, e a pergunta que resta não é mais “quando o Android irá dominar o mundo?”, e sim “o que se faz agora que o Android dominou o mundo?”.

Digo isto porque o robozinho apresentou um novo recorde em market share mundial neste último trimestre, capturando absurdos 87,5% e despachando 328,6 milhões de aparelhos. O iOS, do seu lado, continua numa baixa comparável apenas com a dos primeiros meses de 2014: conseguiu uma participação de 12,1% com 45,5 milhões de aparelhos vendidos — uma pequena redução em relação aos 13,6% do mesmo período do ano passado.

Desempenho das plataformas móveis no mercado no terceiro trimestre de 2016

Se você fizer as contas perceberá que, juntos, iOS e Android detêm 99,6% do mercado mundial de smartphones — sim, esta virou uma corrida de dois jogadores. O Windows Phone entrou na categoria “Outros”, que é onde as coisas dos mais diferentes gêneros vão para morrer, e, junto a outros zumbis como o BlackBerry e o Tizen, ficou com pífios 0,3% do mercado e 1,3 milhão de unidades despachadas.

Segundo Woody Oh, diretor da Strategy Analytics, a catapulta do Android tem a ver, basicamente, com a adoção massiva de aparelhos de baixo custo em países como a Índia ou mesmo continentes inteiros como a África — a plataforma, entretanto, deve resolver problemas como a extrema fragmentação que a acomete, com centenas de fabricantes e pouquíssimos deles gerando lucros, para que este crescimento não acabe se revertendo.

A Apple, do seu lado, teve uma performance abaixo do esperado — segundo a firma — por causa de um desempenho ruim em mercados como a China. Por lá, a competição está acirrada com fabricantes locais que despontam como novas referências (pasmem) em qualidade, como a Huawei, a Xiaomi e a Oppo.

Resta saber, entretanto, o quanto a Apple está preocupada com esta dominação do Android numa escala de “zero” a “absolutamente nada”. A dominação do Android, assim como a do Windows nos computadores, é absolutamente natural — contanto que a Maçã continue ganhando dinheiro com o seu ecossistema (esta é a nova palavra mágica), os 10-15% de share do iOS serão mais que satisfatórios para ela. Ou não.

[via AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários