Atualize já: aplicativo do Spotify para Mac/PC prejudica SSDs com escrita desproporcional de dados

Mais um dia, mais uma falha descoberta no aplicativo do Spotify para Macs e computadores em geral. Usuários do fórum oficial do serviço de streaming, do Reddit e do site Hacker News descobriram que o aplicativo vinha apresentando por um longo período um comportamento potencialmente destrutivo a discos de armazenamento, especialmente SSDs.

Malware sendo distribuido pelo app Spotify

Foi detectado que o software estava escrevendo e reescrevendo quantidades absurdas e desproporcionais de dados no disco onde estaria instalado — algo que podia chegar à casa das dezenas de gigabytes em apenas uma hora. Esta sequência de reescrita de dados é especialmente destrutiva para SSDs, que possuem um limite máximo de operações; tal comportamento pode diminuir significativamente a vida útil das unidades de armazenamento.

Aparentemente, a falha já estava presente no app há mais de cinco meses e foi replicada com sucesso pelos editores de uma série de publicações de tecnologia; para piorar, ela se mostra presente até mesmo quando o aplicativo está inativo ou sem músicas salvas localmente. As versões do software para Mac, Windows e Linux apresentaram o comportamento, sem distinção.

De acordo com as respostas da equipe oficial de suporte do Spotify no fórum, a falha já foi corrigida na versão 1.0.42 do aplicativo, que já está sendo distribuída — este que vos escreve, ao menos, já recebeu a atualização e não verifica o comportamento. Aparentemente, a falha está relacionada a arquivos da base de dados com títulos que incluem a cadeia de caracteres Mercury.db.

Portanto, se você usa o Spotify e preza pela saúde do seu disco de armazenamento, verifique e atualize *agora* o seu aplicativo. Do meu lado, eu sou usuário fiel do serviço e vejo uma série de vantagens dele, mas essas falhas… Ah, essas falhas

[via AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários