Apple estaria trabalhando em óculos digitais com realidade aumentada, diz Bloomberg

Se rumores de um carro feito pela Apple já nos causavam estranheza, imagine uns óculos inteligentes? Se nunca havíamos pensado sobre isso, vamos exercer nossa imaginação agora mesmo pois o novo rumor é de que a Maçã estaria trabalhando em um “Google Glass próprio”.

O boato foi ventilado pela Bloomberg, que ouviu de algumas fontes anônimas que a Apple estaria considerando a possibilidade de adentrar na área de óculos digitais. Segundo os relatos, mesmo que considerem essa área um pouco arriscada, a esperança é que acabe sendo lucrativa para a empresa.

O “projeto secreto” ainda estaria em fase de pesquisa, mas — assim como o Apple Watch — os óculos se conectariam com o iPhone e mostrariam imagens e várias outras informações no campo de visão do usuário, provavelmente utilizando realidade aumentada. O produto é previsto para não antes de 2018, mas como a Apple gosta de testar exaustivamente seus produtos para ter certeza de que não aconteça o que aconteceu com o Google Glass tudo esteja funcionando corretamente, esse prazo pode se estender mais.

Se dermos um zoom e analisarmos todos os acontecimentos, podemos até supor que esse rumor faz muito mais sentido do que possamos pensar. Por exemplo, a Apple tem investido bastante em realidade aumentada, contratado vários especialistas e até comprado empresas do ramo.

Anteriormente, achava-se que o foco da Maçã seria realidade virtual (pelo fato de ter formado uma equipe de especialistas no ramo), mas como o próprio Tim Cook explicou em várias entrevistas, realidade aumentada é melhor pois permite que as pessoas interajam tanto com o mundo real quanto com o virtual. Portanto, é até crível que a Apple esteja trabalhando em um dispositivo de realidade aumentada como uns óculos do que um headset de realidade virtual, como muitas outras empresas de tecnologia estão fazendo atualmente.

Além das contratações e das declarações de executivos da empresa, a Maçã também possui diversas patentes de realidade aumentada para coisas como mapeamento de ruas (como um street view) em aplicativos de mapas.

Apesar de a ideia soar interessante, a empresa pode ter problemas com as partes do hardware, que podem ser um desafio de se conseguir assim como supostamente foi com o projeto do carro autônomo. É preciso que o dispositivo seja tão tecnologicamente avançado quanto confortável o suficiente para que o usuário consiga utilizá-lo por 24h (ou quase).

O Google Glass enfrentou diversos problemas e, por isso, não vingou. Com a chegada do Spectacles, do Snapchat, talvez o mercado comece a olhar para esse tipo de vestível de um modo diferente — mesmo que o conceito deste seja, a princípio, diferente do que o rumor dos óculos da Apple sugeriu. Se isso realmente for verdade, logo vazarão mais informações sobre o projeto — como sempre acontece — e nós estaremos aqui para comentar sobre eles. 😉

[via 9to5Mac]

Posts relacionados

Comentários