Atraso dos AirPods pode ter a ver com problema de sincronização de áudio entre as duas peças [atualizado]

Os AirPods foram anunciados junto aos iPhones 7/7 Plus, em setembro, e tinham previsão de chegar ao mercado em outubro. Como sabemos bem, eles atrasaram.

AirPods saindo da caixinha ao lado de iPhones 7 e 7 Plus

Embora já tenham pintado um rumor furado e outro apostando que eles chegariam em dezembro (o que ainda pode acontecer), por ora continuamos sem saber exatamente quando os fones de ouvido totalmente sem fio da Apple começarão a chegar às mãos de consumidores.

Hoje, o Wall Street Journal trouxe possíveis informações referentes a esse atraso. Segundo fontes do veículo, a Apple estaria trabalhando dia e noite para resolver problemas de sincronização de áudio entre as duas peças — isto é, ter certeza absoluta de que não há nenhum atraso (delay) entre o lado esquerdo e o direito, visto que a comunicação entre eles ocorre via Bluetooth.

O curioso é que isso não foi um problema levantado por nenhum dos jornalistas internacionais que tiveram acesso preliminar aos AirPods logo após o seu anúncio. No geral, todos elogiaram bastante os fones e, felizmente, disseram que eles *não* caem da orelha quando estamos correndo/nos exercitando (o que era uma grande dúvida).

Além da questão da sincronização, a Apple também estaria trabalhando para decidir exatamente o que ocorre quando a pessoa perde uma das peças, ou quem sabe apenas uma delas tem bateria restante.

É unanimidade no planeta afirmar que esse atraso ficou muito feio para a Apple. Certamente isto não estava nos planos da empresa, que está perdendo agora um grande boom de vendas de Natal/fim de ano. Mas, por outro lado, é bom saber que a Maçã está se esforçando para colocar os AirPods no mercado sem absolutamente nenhum problema conhecido.

Torçamos para que não demore muito mais…

[via 9to5Mac]

Atualização · 09/12/2016 às 22:32

John Gruber, do Daring Fireball, é um dos que recebeu um par de AirPods desde o lançamento e afirma que nunca teve problema de sincronização entre as peças. De problema, ele cita apenas umas 3-4 vezes — isso em meses — que uma das peças parou de tocar e que foi só colocá-la de volta na case para a reprodução se normalizar.

Segundo fontes próprias de Gruber, o grande problema da Apple teria na verdade a ver com dificuldades de fabricar os AirPods em massa. Faz sentido, mas ao mesmo tempo eu me pergunto se não seria melhor ter colocado o produto no mercado com pouco estoque e, aos poucos, ir normalizando a situação. Não é assim que a Apple sempre faz, afinal?

Posts relacionados

Comentários