Quer se condicionar fisicamente como o Neymar? O app NABUFIT mostra como isso é possível

Os queridos leitores do MacMagazine que acompanham as matérias que escrevo devem saber como eu sou “chato” com a qualidade dos apps feitos e dos serviços prestados pelas plataformas da Apple — ou os da própria Apple em si —, bem como a minha mudança de estilo de vida (para uma rotina mais saudável, pela qual eliminei quase 29kg). Frequentemente eu divulgo tudo no meu Instagram, mostrando os apps e devices que me ajudaram nesta mudança.

E por que eu falei dessas duas coisas? Procurarei explorar mais alguns apps de esporte e saúde para compartilhar com vocês1. Bem, eu já falei escrevi demais, vamos ao que interessa!

Existem centenas de aplicativos de exercícios na App Store, mas o que pode fazer você escolher entre um ou outro é a forma com que o aplicativo pode lhe motivar a treinar (fora a facilidade de uso, os tipos de treinos, etc.).


Desculpe, app não encontrado.

O NABUFIT veio com um conceito bem interessante, pois disponibiliza diversos tipos de treinos para você fazer nos mais variados ambientes e tempos disponíveis: treinos de 10, 30 ou 40 minutos… A chance de você encontrar um treino para a sua realidade é muito grande, muitos com peso do corpo.

Com um apelo positivo de motivação, a ideia do app é usar figuras famosas para mostrar como eles se condicionam no dia-a-dia. O atual destaque nos exercícios de aquecimento é o nosso brazuca Neymar Jr., com séries de exercícios montados pelo seu personal na vida real. O NABUFIT não tem a proposta de lhe tornar um jogador de futebol, mas mostrar como o Neymar, por exemplo, se aquece para evitar lesões — que cabem muito bem para corredores, jogadores de fim de semana, quem vai brincar com os filhos no parque, etc.

Além do Neymar, tem também Mo Farah, corredor profissional que já ganhou medalhas de ouro nas provas de 5.000 e 10.000 metros nas Olimpíadas de 2016 no Rio; Peter Schmeichel, ex-jogador de futebol profissional (de 1984 a 2003) e um dos maiores goleiros do mundo; Michel Maze, ex-jogador de tênis de mesa profissional (de 1997 a 2016) que também ganhou medalhas em Olimpíadas… tem até alguns profissionais da área de Educação Física demonstrando exercícios!

Existem vários tipos de treinos: aquecimento, 10 minutos, força, explosivo, mobilidade e sem equipamentos. Tudo variando entre os níveis iniciantes, intermediários e avançados; o aplicativo tem cerca de 60% ou um pouco mais de conteúdo gratuito, porém, para exercícios mais detalhados, é necessário assinar a versão premium — com isso, usuários têm acesso total a todos os atuais e futuros programas de treinos disponíveis (sem propaganda), streaming de conteúdo HD completo e acesso a vídeos pessoais de embaixadores. O preço do NABUFIT Premium é US$7/mês ou US$55/ano.

Eu conversei com time de marketing do NABUFIT e eles pretendem lançar novos recursos para o aplicativo nos próximos meses, como integração com outros acessórios, aumento na socialização com amigos dentro do app, atividades diárias integrada ao kit de saúde da Apple, entre outros.

Estamos muito animados para lançar os videos do Neymar Jr., bem como o nosso conteúdo premium no app NABUFIT. Claramente estamos empenhados em produzir uma experiência de treino superior para os nossos usuários e acreditamos que a nossa versão premium irá adicionar uma experiência global. Continuamos a exceder as nossas expectativas internas e estamos ansiosos para anunciar melhorias adicionais para o app, enquanto aumentamos a nossa crescente base de embaixadores.

Brian Palm Svaneeng Mertz, CEO da NABUFIT.

O app facilita a criação da sua conta usando o Facebook — porém não é obrigatório, você pode fazer tudo manualmente. Existem várias dicas de uso no primeiro acesso (dicas até demais, o que é um problema nos dias atuais pois usuários querem logo acessar o app e pulam as instruções — depois ficam em duvida como utilizar, um processo que dá bastante trabalho aos arquitetos de informação e designers).

Os videos são de fácil compreensão, porém não se esqueça de respeitar o seu corpo (todos nós temos limites); procurar um médico antes de se aventurar na prática de exercícios é sempre muito importante, principalmente porque você tem condições de fazer em casa e, se acontecer algo com você, pode não ter quem lhe ajude.

Eu sei que fazer exercícios é uma iniciativa muito individual. Tem gente que ama e gente que odeia; eu tinha muita preguiça e jamais pensaria que chegaria ao nível de me viciar. Ainda estou longe de querer virar aqueles amigos chatos que ficam falando “você tem que treinar, você está gordo, etc.”; cada um tem o seu momento e, cedo ou tarde, precisa sentir a necessidade de fazer algo para melhorar a sua vida, seja para si, pra ter mais disposição com os filhos, para melhorar a saúde, para o companheiro ou companheira… não importa, a ideia, aqui, é mostrar meios de, caso você queira mudar um pouco, ter algumas opções de apps para auxiliá-lo.

Este não é o primeiro app/serviço que que falamos e não será o último, então fique ligado!

Como você acha que um app pode lhe ajudar neste assunto? Você pagaria por este conteúdo com famosos? Lembrem-se de fazer criticas construtivas na App Store; o app está chegando agora e o feedback para os criadores é interessante para melhorarem a plataforma no Brasil — e a nossa realidade.

A propósito, eu já estou fazendo o treino de aquecimento do Neymar antes de correr. Achei simples e interessante. 😉

Posts relacionados

Comentários