Primeiras impressões do Delta, o emulador de SNES e GBA para iOS que funciona sem jailbreak

Assim como muitas pessoas ao redor do mundo, eu cresci jogando videogames. Um dos (se não “o”) meu console favorito é o Super Nintendo Entertainment System, o famoso Super Nintendo (Super FamiCom, em sua versão japonesa) — ou SNES, para os íntimos. Na época em que ganhamos nosso primeiro SNES, as fitas eram bem caras, então tínhamos apenas duas opções: comprar cartuchos mais baratos (falsificados) nos camelôs (não me orgulho nada disso 😝) ou ir até uma locadora de games perto de casa.

Tudo facilitou muito quando ganhei meu primeiro smartphone (um Samsung Galaxy S3 Mini) e uma das primeiras coisas que fiz foi instalar vários emuladores — afinal, no Android não é nada complicado conseguir isso. Entretanto, quando migrei para o iOS, minha vida de curtir a fossa nostálgica em um portátil se esvaiu (não curto jailbreak, sabe?). Mesmo ainda jogando pelo Raspberry Pi (💕), o OpenEmu no Mac ou o próprio console do SNES com poucas fitas (cortesia da viciada da *minha mãe* que ainda tem um em perfeito estado, acredite), eu queria algo portátil.

Por isso, criei um hype enorme quando, há algumas semanas, nós anunciamos que o criador do emulador GBA4iOS, Riley Testut, estava recrutando candidatos para testar seu novo emulador para iOS, o Delta. Depois de uma semana de inscrições abertas e mais de *10 mil* candidatos, Testut e uma pequena equipe de “juízes” selecionaram apenas 120 nomes, dentre os quais 80 eram testers gerais e 40 eram da “imprensa”. Felizmente (e com uns pulinhos e gritinhos), meu nome foi selecionado e, agora, trago-lhes as minhas primeiras impressões do Delta.

Delta logotipo

O GBA4iOS já era um aplicativo muito bem feito, que rodava jogos de Game Boy, Game Boy Color e Game Boy Advanced em iDevices sem a necessidade de jailbreak. Pois Testut caprichou em um sucessor e trouxe o Delta, que poderá realizar tudo e muito mais do que seu antecessor fazia.
 
Por enquanto, o Delta suporta jogos do Game Boy Advanced e Super Nintendo, porém o desenvolvedor afirma que o Game Boy Color e o Nintendo 64(!) também estão a caminho.
 

Tela inicial

Logo de cara, você verá sua “estante” de jogos, onde eles ficarão listados. É claro, quando você o inicia pela primeira vez, estará tudo vazio. Mas é muito fácil instalar os jogos: basta você tocar no símbolo de mais (+), no canto superior direito, e procurar na nuvem (por enquanto, iCloud Drive, OneDrive e Dropbox) ou enviar por USB as ROMs dos jogos que deseja. Procure baixar jogos com as extensões .gba ou .sfc e .smc (estas duas, para jogos de SNES), que são as suportadas atualmente.
 
Assim que você adiciona um jogo, ele aparece na tela inicial com nome e capa (isso depende muito da ROM, pode ser que não tenha ilustração — neste caso, aparecerá apenas o símbolo do Delta). Para alternar de console, basta deslizar para um dos dois lados e logo aparecem os títulos que já foram adicionados. Além disso, se você já começou a jogar e tem algum salvamento, pode usar o 3D Touch1 para acessá-lo diretamente da tela inicial.
 

A hora do vamos ver

Com o jogo escolhido, vamos partir para a ação! Apenas toque sobre o título que deseja jogar e ele se iniciará. Você tem duas posições para brincar: em modo retrato, sendo uma metade da tela com a imagem do jogo e a outra com uma simulação do controle, ou em modo paisagem, que apenas tem a imagem do jogo em tela cheia e os botões do controle sobrepostos (para alternar entre as duas, basta — obviamente — girar o dispositivo).

Tocando em Menu, no canto inferior esquerdo, você tem opções de ver os salvamentos ou salvar (Save State), carregar um salvamento (Load State), adicionar um código de macete maroto (Cheat Codes), aumentar a velocidade do jogo (Fast Forward) ou manter um botão pressionado (Sustain Buttons). Para retornar ao game, toque em Resume e, para voltar ao menu inicial, toque em Main Menu.
 

Configurações e próximas funcionalidades

Configurações do DeltaNa tela inicial, no canto superior esquerdo, toque na engrenagem para acessar as configurações. Por enquanto, apenas existem três partes: Inputs, Controller Skins e Controller Opacity.

Em Inputs, é possível ver quatro campos de Player, o que já é uma prévia do que está por vir. De acordo com o desenvolvedor, logo será possível adicionar mais três dispositivos para desfrutar da função multiplayer (yay!). Algo que já estava disponível no GBA4iOS e provavelmente aparecerá no Delta é a possibilidade de trocar Pokémons e desafiar outros jogadores (yay de novo!).

Na segunda parte, em Controller Skins, você poderá escolher qual o visual do seu controle. Por enquanto, esta opção somente possui as skins padrão (muito bem feitas, por sinal), mas quando o app for lançado efetivamente, é provável que já tenha mais de uma opção para escolher. Em Controller Opacity, você regula a opacidade dos botões do modo paisagem.

Infelizmente, algo que não pude testar foi a utilização de controles físicos. Mesmo estando em beta, já é possível configurá-los, porém somente os MFi (o meu Zero da 8Bitdo não serviu para muita coisa). Mas, mesmo que você não tenha controles físicos, na versão final do app poderemos conectar outros iPhones e usá-los como controle para outros iPhones, iPads ou iPod touch.

Mesmo estando em fase de testes, a imagem e o som dos jogos estão ótimos e a interface do app (controles também) é muito bonita e organizada, além de bem fácil de usar. Tenho certeza de que o app ficará ainda melhor quando vierem todas as funcionalidades prometidas, como o suporte a Game Boy Color e Nintendo 64, feedback háptico, a possibilidade de adicionar Battery Saves (salvamento dentro do jogo), entre outras.

Não há data exata para o lançamento oficial do Delta, mas a previsão é para o início de 2017. Assim como o GBA4iOS, ele será totalmente gratuito e provavelmente não aparecerá pela App Store, mas poderá ser instalado externamente sem a necessidade de jailbreak, em iPhones, iPads e iPods touch com iOS 10 ou superior. Vamos dar aquela força ao desenvolvedor e aumentar o hype até o aplicativo ser lançado para o grande público?!

Enquanto isso, eu já estou zerando “os jogo tudo” — desculpe, precisei me gabar um pouco — ho ho ho… 😛

Posts relacionados

Comentários