Pesquisas: vendas de iPhones e Macs atingem bons números no quarto trimestre de 2016

Chegou aquela hora de olharmos como está o desempenho (em vendas) dos dispositivos da Apple em seus mercados.

Ontem, ficamos sabendo que os novatos AirPods já têm ótimos números e que estão saindo na frente até dos fones de ouvido sem fio da Beats. Já a corrida no mercado de smartphones e computadores é um pouco mais complicada, mas parece que a Apple se saiu bem neles também nos últimos meses.

De acordo com uma pesquisa do Kantar Worldpanel, o mercado do iPhone cresceu 6,4% de setembro a novembro de 2016 nos Estados Unidos. A presença do iOS continua sendo menor que a dos aparelhos com o sistema Android nos lugares onde a pesquisa foi feita, porém houve crescimento do iOS na maioria deles, principalmente no período “pré-Natal”, quando três modelos de iPhones alcançaram o topo das vendas.

O iPhone 7, o iPhone 7 Plus e o iPhone 6s foram os três smartphones mais populares nos EUA no início do período de férias, totalizando uma participação de 31,3%. O Samsung Galaxy S7 e S7 edge foram o quarto e o quinto mais vendidos nos EUA, com a Samsung capturando 28,9% das vendas de smartphones.

Kantar Smartphone Vendas

Já na Grã-Bretanha, os números de vendas de iPhones dispararam, chegando a aumentar 9,1% em comparação ao mesmo período de 2015. Ainda por lá, o Windows Phone teve uma queda de 7%, o que pode ter relação direta com o aumento do iOS pela região.

Entretanto, apesar de o mercado ter favorecido o iPhone nos EUA, na Grã-Bretanha, na França e na Austrália, houve queda na Alemanha e na China. Neste último, os aparelhos com Android conseguiram um crescimento de 7,2%, mesmo estando o iPhone 7 no topo da lista de aparelhos mais vendidos na China urbana — seguido pelo Oppo R9.

·   ·   ·

Se o iPhone está entre altos e baixos nos países, as vendas de Macs parecem estar segurando firme, ainda que o mercado como um todo esteja na corda bamba.

A Gartner informou que, durante o quarto trimestre de 2016, a Apple conseguiu vender cerca de 5,4 milhões de Macs no mundo inteiro. Comparando esse número com o do ano anterior, quando a empresa vendeu 5,3 milhões, houve um crescimento estimado de 2,4%. Neste último trimestre de 2016, a Maçã conseguiu abocanhar 7,5% do mercado, um pouco mais do que em 2015, quando ela chegou a 7%.

Estimativa de vendas mundial de PCs da Gartner no quarto trimestre de 2016
Estimativa de vendas mundial de PCs da Gartner no quarto trimestre de 2016

Lenovo, HP e Dell continuam no topo de vendas mundiais — e continuam crescendo, assim como no ano anterior. Já a ASUS ficou à frente da Apple por uma pequena diferença em número de vendas; na porcentagem, ela se igualou à Maçã com 7,5% do mercado, uma queda de 8,5% em relação a 2015.

As vendas globais de computadores chegaram a 72,6 milhões de unidades durante o quarto trimestre de 2016, uma queda de 3,7% em relação ao quarto trimestre do ano anterior. As vendas totais do ano ficaram em 269,7 milhões, uma queda de 6,2% comparando com 2015. A Apple estima ter vendido por volta de 18,6 milhões de Macs em 2016, contra 20,3 milhões em 2015. Isso significa que todo o mercado de computadores está em queda — e parece que existe uma explicação plausível para isso.

A estagnação no mercado de computadores continuou no quarto trimestre de 2016, uma vez que as vendas “pré-Natal” foram fracas devido à mudança no comportamento dos compradores. O amplo mercado de computadores tem estado estático, já que as melhorias tecnológicas não foram suficientes para proporcionar um crescimento real do mercado.

Até apareceram inovações nos formatos como notebooks 2-em-1 e alguns mais finos e leves; também houve melhorias tecnológicas como aumento na duração da bateria. Esse mercado cresceu rapidamente até por seus comprometidos usuários. No entanto, o aumento proporcionado pelos entusiastas não é grande o suficiente para impulsionar o crescimento do mercado global.

Mikako Kitagawa, analista principal do Gartner.

Estimativa de vendas nos USA de PCs da Gartner no quarto trimestre de 2016
Estimativa de vendas nos USA de PCs da Gartner no quarto trimestre de 2016

Já nos Estados Unidos, são outros quinhentos; a Apple consegue se sair muito bem por lá. No quarto trimestre de 2016, a empresa conseguiu vender 2,1 milhões de computadores, atingindo 12,8% do mercado. Em comparação com o ano anterior, houve um crescimento de 6,4%.

·   ·   ·

Em relação às vendas mundiais, ainda há uma pequena diferença nos números de outra firma de análise de dados, a IDC. De acordo com ela, o número referente ao quarto trimestre de 2016 para a venda de PCs é de 70,2 milhões e, de Macs, 5,26 milhões. Diferentemente da Gartner, a IDC computou uma queda de 0,9% no mercado para a Apple.

Os números reais sobre a performance da Apple, nós ficaremos sabendo assim que ela revelar seus próximos resultados financeiros, no dia 31 de janeiro.

[via 9to5Mac, MacRumors

Posts relacionados

Comentários