Barack Obama, [ex-]presidente dos Estados Unidos, já citou Steve Jobs em alguns dos seus ótimos discursos (como em uma coletiva na Casa Branca, em 2010, e no Discurso sobre o Estado da União, em 2012).

Nesta semana, no apagar das luzes da sua segunda administração, a Casa Branca usou o falecido ex-CEO da Apple em uma campanha para encorajar e atrair talentos para uma área que poucos pensam em se aventurar: dentro do próprio governo, mais especificamente, no Serviços Digitais dos EUA (United States Digital Service) — uma agência fundada em 2014 por Obama, dedicada a melhorar e expandir os serviços online do governo.

Digamos que a agência seja uma espécie de startup dentro do governo, onde as pessoas realmente podem explorar ideias e colocá-las em prática, podendo beneficiar milhões de pessoas. E é exatamente esse assunto que Jobs aborda no vídeo (uma entrevista de 1994 na qual ele explica a sua visão de mundo, de como podemos mudar o status quo):

Quando você cresce, você tende a acreditar que o mundo é do jeito que é, que a sua vida foi feita para viver dentro desse mundo, sem bater muito nas paredes que os cerca, tentar ter uma boa vida em família, guardar um pouco de dinheiro…

Esta é uma vida muito limitada. A vida pode ser muito mais ampla quando você descobre uma coisa muito simples: tudo em sua volta que você chama de vida foi criado por pessoas que não são mais inteligentes do que você. E você pode mudá-las. Você pode influenciá-las. Você pode criar as suas próprias coisas que outras pessoas podem usar. Quando você entender isso, você nunca mais será o mesmo.

Steve Jobs.

É simplesmente incrível a facilidade que Jobs tinha de sintetizar ideias e, em poucas palavras, encorajar as pessoas. Não é à toa que, sob sua administração, vimos a Apple revolucionar alguns mercados (computadores, música, celulares, tablets…).

Obama sempre bateu na tecla de que o governo pode ser um ótimo lugar para pessoas talentosas empreenderem, um lugar que você pode realmente influenciar, beneficiar, transformar milhões de vidas.

Esta campanha faz parte de um esforço para realmente inspirar uma tradição de serviço público no Vale do Silício. Essa é a mensagem que queremos passar e as palavras de Steve realmente fizeram um bom trabalho em transmitir isso.

David Kaufman, chefe de engajamento público do USDS.

A campanha foi criada pela agência Havas (escritório de Nova York).

[via Mashable]

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários