Apple processa novamente a Qualcomm, desta vez na China

Após processar a Qualcomm nos Estados Unidos (buscando cerca de US$1 bilhão em royalties supostamente indevidos), a Apple abriu mais um processo contra a famosa fabricante de chipsets 3G/4G para smartphones, conforme noticiou hoje a Reuters.

Qualcomm

Trata-se de um processo exatamente igual ao primeiro, só que na China. Segundo a Corte de Propriedade Intelectual de Pequim, a Maçã acusa a Qualcomm de abusar da sua influência no mercado de chipsets e busca um retorno financeiro de CN¥1 bilhão (cerca de R$450 milhões); paralelamente, a Apple também abriu um terceiro processo na China contra a Qualcomm acusando-a de não cumprir as promessas feitas para licenciar “patentes de padrões essenciais” de forma ampla, por um custo razoável.

Como sabemos, a diputa da Qualcomm não é apenas contra a Apple. Além de Federal Trade Commission (que está em cima da empresa de San Diego), órgãos regulamentares da Coreia do Sul multaram-na em ₩1 trilhão (cerca de R$2,7 bilhões) em dezembro passado por práticas desleais no licenciamento de patentes — obviamente, a Qualcomm irá recorrer da decisão em um tribunal coreano.

É, meus amigos. Pelo visto estamos diante de uma nova disputa daquelas…

Posts relacionados

Comentários