Apple Pay passa à frente do PayPal e lidera em número de lojas que suportam o serviço nos EUA

Apple Pay

Nós temos acompanhado a expansão do Apple Pay desde que ele foi lançado, em 2014. De lá para cá, apenas 13 países receberam o serviço. Apesar da lenta expansão pelo mundo, parece que ele tem feito bastante sucesso na sua terra natal.

Uma pesquisa realizada pela Boston Retail Partners (BRP) — e divulgada pelo NFC World – listou os serviços de pagamento móvel mais populares nos Estados Unidos, e o primeiro lugar ficou com o Apple Pay, suportado por 36% das lojas. O crescimento foi bastante grande se compararmos há um ano, quando o serviço estava em “apenas” 16% dos lojistas.

Apple Pay mais popular

O serviço que liderava o mercado antes de a Maçã chegar, o PayPal, acabou caindo para o segundo lugar, com 34% de penetração. Logo depois vem o Mastercard PayPass (25%), seguido por Android Pay (24%), Visa Checkout (20%), Samsung Pay (18%) e Chase Pay (11%). Apesar destes números, é bom lembrar que o fato de o Samsung Pay suportar tanto as tecnologias NFC1 quanto MST2, ele é aceito em praticamente todos os lugares que trabalham com cartões de crédito, mesmo que a loja não seja realmente “filiada” ao serviço.

Diversos lojistas já estão de olho no serviço e a pesquisa mostrou que 22% deles planejam aceitar o Apple Pay nos próximos 12 meses, 11% nos próximos 1-3 anos e 31% ainda estão operando no modo “esperar para ver” antes de se decidir pelo serviço da Maçã.

Nos EUA, a resistência tem sido grande pelo fato de lojas grandes precisarem ainda substituir suas antigas máquinas por novas, compatíveis com o NFC. Mesmo que seja um pouco mais fácil para lojistas menores fazer essa mudança, talvez a adoção aos sistemas seja por falta de informação, como relatou a BRP.

Um dos fatores críticos para o sucesso de qualquer pagamento móvel é a informação. Percebemos que não só os consumidores estão inseguros sobre como e quando os pagamentos móveis podem ser usados, mas também os associados estão inseguros.

Para pagamentos móveis ou carteiras móveis obterem sucesso, deve haver instruções no ponto de venda para garantir que uma transação usando um dispositivo móvel não é mais demorado ou mais complicado do que os métodos de pagamentos tradicionais para o cliente ou associado.

Para recolher estes dados, a pesquisa foi realizada em 500 lojas das mais famosas.

Os resultados do último trimestre fiscal da Maçã revelaram que o Apple Pay cresceu incríveis 500% em transações de um ano para cá, assim como triplicou o seu número de usuários.

E a gente, aqui pelo Brasil, continua esperando

[via AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários

28 comments

  1. E apesar de funcionar até que bem, ainda acho a Siri Brasileira bem “capada” perto da Siri americana.

    Esse Apple Pay tenho a maior vontade de utilizar, é uma pena mesmo por aqui…

  2. Estou morando nos EUA e uso o Apple Pay diariamente em muito lugares. Desde do Mc Donalds, Best Buy ate posto de gasolina e lavanderias automaticas. Outra coisa muito legal eh usar para pagamento dentro de aplicativos como eh o caso do best buy e em alguns sites dentro safari onde nao soh faz o pagamento mas tb preenche todos os dados de entrega.

  3. Esses dias estava pensando nisso, ainda vejo algumas poucas máquinas sem suporte ao NFC e ao MST, que mais cedo ou mais tarde a Samsung deve estar empurrando essa modernização. Concorda que quando a Apple entrar, o trabalho grosso já foi feito pelas demais? Será que isso também não está contemplado nos planos?

  4. A grande maioria de maquinas no Brasil aceita NFC, concordo com você, acho que quando a apple vier, os clientes dela vão querer usar muito o pagamento. Eu sou um deles.

  5. Tem algo errado aí. Pelo que sei, o Samsung Pay dispensa NFC e é retrocompatível com qualquer maquininha tradicional de cartão de crédito. Ou seja, onde se aceita cartão com tarja magnética, o Samsung Pay funcionaria.

    Sistema infinitamente superior a concorrência, alias. Parabéns a Samsung pela sacada.

    Agora, uma coisa que nunca entendi foi pq o pagamento via NFC nunca pegou por aqui, já que a maioria das maquininhas, ao menos na minha cidade, já tem o símbolo de NFC estampado nelas. Alias, tem anos isso…

  6. Qualquer loja que aceite NFC, teoricamente aceitaria Apple Pay, Samsung Pay ou qualquer meio de pagamento que use NFC padrão. Basicamente o que é necessário é que os bancos suportem Apple Pay e que as maquinas sejam atualizadas.

    O maior problema que vejo é a maneira como o pagamento é feito por NFC no Brasil, tendo que apertar 1 ou escolher uma forma diferente, o que estraga completamente a experiência.

    No Reino Unido qualquer budega aceita NFC (Apple Pay, Samsung Pay, Contactless Cards) e 100% dos bancos suportam Apple Pay, além disso, a forma de pagar é muito simples, normalmente o processo é o mesmo e vc escolhe se vai colocar o cartão e digitar a senha ou só encostar o celular, não é preciso fazer nada de diferente.

  7. O problema é que só alguns celulares da Samsung tem “MST”, que simula a tarja magnética. ( Galaxy S7, Galaxy S7 Edge, Galaxy S6, Galaxy S6 Edge, Galaxy S6 Edge Plus or a Galaxy Note 5) e mesmo assim, sabemos que qualquer técnologia acaba tendo mais marketing com a Apple, por isso o Apple Pay é mais conhecido que o Samsung Pay.

    Sobre as máquinas aceitarem NFC, provavelmente os bancos Brasileiros ainda não dão suporte ao Apple Pay.

  8. Aqui em Londres uso mais Apple Pay com meu cartão de crédito, pq no débito uso o próprio cartão que tem NFC e que acaba sendo mais prático.
    Da pra usar no ônibus, metrô, restaurante, mercado…

  9. Aqui no Brasil os problemas sao os bancos, que infelizmente não sabem desenvolver soluções que facilitem a vida do cliente, mas que, não querem dar nada (dinheiro) a apple.

  10. Comigo é o contrário. Meu cartão de crédito tem NFC e o de débito não. Mas eu acabo usando sempre o Apple Pay. As vezes até saio sem a carteira. Também porque considero o Apple Pay mais seguro que o contactless.

  11. Claro, mas o grande problema é que poucas pessoas sabem que a tecnologia existe(usuários e operadores), eu mesmo fui saber desse “MST” hoje ao ler mais sobre o assunto (Aliás, a Samsung comprou a empresa (LoopPay) que criou essa tegnologia).

  12. Sim, pelos testes que eu já vi no Brasil, é preciso escolher no menu da maquininha que você quer pagar contactless. No Reino Unido, isso é automático. Mas aqui não tem cartão múltiplo (pelo menos nunca ouvi falar), é só crédito ou débito, então não precisa escolher isso na hora de pagar, basta inserir ou tocar o cartão (ou celular) e voila.

  13. Também achei o Apple Pay mais seguro, por causa da biometria! Mas o contactless tem limite de uns £20 ou £30 por dia antes de pedir a senha novamente.
    Aliás, só peguei cartão contactless esse mês, pq nunca tive vontade(e pq sempre achei que poderia acabar gastando mais, por ser mais fácil de usar)

  14. O limite é de £30 por transação. E ocasionalmente seu PIN é solicitado para garantir que é você mesmo que está usando o cartão. Mas isso fica a critério do banco. Em lojas que tem o símbolo do Apple Pay em vez do contactless aceitam mais que £30, mas nunca testei.

  15. É Verdade, acabei de ver no hsbc aqui! Mas eles se responsabilizam pelos gastos se vc informar que perdeu e foi roubado, o problema é se vc não ver que perdeu e a pessoa usar tipo 30 por dia….kkkk

  16. Não é verdade. Bom android o App do BB permite o pagamento via NFC. No iOS não permite porque a Apple bloqueia o uso do NFC para uso exclusivo dela.
    Na verdade a Apple não quer investir no Apple Pay no Brasil e ainda impede os bancos de providenciar as soluções para os seus clientes.

  17. Hahahahahaha pois é. Eu pensei em trocar meu cartão para não contactless, mas eu vou deixar como está, porque é bom pra usar no metrô caso o celular esteja sem bateria

  18. Não…nunca vi isso aqui. O cara digita o valor e eu aproximo o celular e pronto. Não precisa selecionar modo nenhum.

  19. Na verdade o Brasil possui uma das tecnologias bancárias mais avançadas do mundo. Praticamente todos os terminais de loja, por exemplo, já são equipados com NFC. Já usava o app da visa e do BB há bastante tempo, quando eu possuía um Nexus 4.
    A questão da Apple com o Brasil é que os bancos não aceitaram a taxa que ela cobra nas operações que usam o Apple Pay, e como a tecnologia é proprietária e ela bloqueia o NFC, acaba impedindo o uso de aplicativos de terceiros. Mas não, não tem nada a ver com tecnologia, pelo menos nisso estamos na frente.

  20. Na verdade Rodrigo, aqui no Brasil já temos maquinetas que aceitam NFC há muito tempo, antes mesmo da Samsung explorar o mercado. Tudo é questão de interesse, e a Apple é interesseira demais. Bancos querem ganhar e a Apple também, então acredito que seja isso que esteja atrasando a chegada do ApplePay aqui no Brasil.

    Ps.: Ontem fui comprar um presente na RiHappy (Franquia de brinquedos), e quando fui fazer o pagamento apareceu no visor da maquineta (Insira, passe ou aproxime o seu cartão de crédito).

  21. Você tem toda razão, eu revi o video e aparentemente só precisa escolher se é crédito ou débito, não precisa escolher se é contactless ou não

Deixe uma resposta