Rumor: “iPhone 8” terá tela de 5 polegadas e traseira de vidro para possibilitar recarga sem fio, mas acessório seria vendido à parte

Os rumores sobre os iPhones que serão lançados este ano continuam à toda, e cada vez mais consolida-se a ideia de que teremos não só um “iPhone 7s” e um “iPhone 7s Plus” (sucessores dos atuais de 4,7 e 5,5 polegadas, sem grandes mudanças), mas também um “iPhone 8” realmente remodelado.

A aposta do dia, trazida pelo site japonês MACお宝鑑定団のBlog, é de que o tal “iPhone 8” virá com uma tela (que muitos apostam ser de OLED, mas eles não citaram isso hoje) intermediária, de 5 polegadas, com uma traseira feita de vidro para possibilitar que seja recarregado sem fio. O primeiro a falar isso, ainda em setembro do ano passado, foi o analista Ming-Chi Kuo, da KGI Securities; em outubro, o japonês Nikkei Asian Review reiterou; Kuo repetiu em novembro e, em janeiro, foi a vez do DigiTimes de pôr lenha na fogueira.

A má notícia é que, aos poucos, a possibilidade de esse iPhone com recarga sem fio não precisar de contato físico nenhum para tal está caindo por terra (e já tínhamos ouvido isso, também). O MACお宝鑑定団のBlog cita inclusive que a Apple poderá incorporar no seu smartphone o padrão Qi, já usado em muitos Androids por aí; a “novidade” é que a Apple incorporaria a última versão da tecnologia, proporcionando uma recarga mais rápida com até 15W de potência. Sua fornecedora seria a chinesa Luxshare, com a qual já trabalha no sistema de recarga do Apple Watch.

Outro detalhe não muito animador, trazido também hoje pelo veículo japonês, é que o acessório da Apple para a tal recarga sem fio seria vendido separadamente. Não só isso, mas a Apple teria planos de retirar da caixa dos próximos iPhones o adaptador de 3,5mm para Lightning, como forma de realmente dar adeus aos fones de ouvido com fio (isto é, os que não usam o conector Lightning).

A Apple não teria, segundo eles, nem mesmo planos de incluir um cabo Lightning para USB-C por padrão na caixa, o que me soa muito estranho — afinal, considerando que os MacBooks [Pro] hoje em dia não têm mais portas USB-A, já foi uma *falha* da Apple não incluir esse cabo nos próprios iPhones 7/7 Plus. Ainda há tempo de sobra para ela não seguir esse caminho errado (pela segunda vez); no mínimo do mínimo, ela tem que passar a vender duas versões diferentes de todos os seus iGadgets, uma com cabo USB-A e a outra com USB-C. Mas esta é uma opção que complicaria bastante a logística à toa, em prol de uma pequena economia ao incluir dois cabos em todas as caixas de uma vez por todas.

Ainda estamos a cerca de sete meses do anúncio oficial dos próximos iPhones, então é natural que neste estágio os rumores sejam um tanto incertos/confusos. Mas vamos acompanhando as informações que têm corrido por aí para entendermos as possibilidades futuras referentes ao smartphone da Apple. Como é em 2017 que ele completa dez anos de vida, as expectativas estão maiores do que nunca. 😁

[via 9to5Mac]

Posts relacionados

Comentários