Ações da Apple fecham em nova alta histórica e valor de mercado da empresa volta a superar os US$700 bilhões

As ações da Apple já estavam subindo bem desde a semana passada, e hoje alcançaram um novo patamar recorde.

AAPL - 13 de fevereiro de 2017

A $AAPL fechou o pregão da NASDAQ com alta de 0,89%, cotada a US$133,29 — o suficiente para levar o valor de mercado (market cap) da Apple para US$700,5 bilhões, um nível que ela não alcançava há dois anos.

O máximo que a $AAPL havia chegado antes ao fechamento de um pregão tinha sido US$133,00, em 23 de fevereiro de 2015. Todavia, a máxima histórica durante um dia ainda é de US$134,54, registrada em 28 de abril de 2015; a máxima de hoje, só para constar, foi de US$133,82.

A performance positiva do dia foi estimulada por um upgrade da Goldman Sachs, que definiu hoje um novo preço-alvo para a AAPL de US$150 (antes, estava em US$133). A firma tem confiança de que as ações da Maçã subirão pelo menos 10% nos próximos 12 meses.

Se os papéis da Apple atingirem os tais US$150, seu valor de mercado irá se aproximar dos US$800 bilhões. Para chegar à inimaginável marca de US$1 trilhão, ela teria que passar de US$190. Brian White, analista da Drexel Hamilton, é um dos que já aposta em um preço-alvo futuro bem próximo disso: US$185.

[via Reuters]

Posts relacionados

Comentários