Nova versão de testes do navegador Opera vem com interface remodelada e novos recursos

Depois de Safari, Chrome e Firefox, o navegador Opera é o mais utilizado pelos usuários de Mac ao redor do mundo — e, destes quatro, certamente é o que mais gosta de experimentar com interfaces mais modernas e recursos inovadores (além de, inevitavelmente, algumas firulas desnecessárias que acabam esquecidas pelo tempo).

Pois a Opera Software, empresa norueguesa (e depois comprada por empresários chineses) criadora do browser, liberou ontem uma nova versão de testes do navegador que traz quase isso: novo visual, novos recursos e (provavelmente) nenhuma firula inútil.

Novo Opera 44

A nova interface do Opera é fruto de um projeto desenvolvido dentro da companhia batizado de Reborn. O projeto tem como principais prioridades trazer ao browser mais suavidade na navegação, um maior refinamento nos detalhes e otimização na parte gráfica para exigir menos das máquinas.

Apesar de o navegador ser multiplataforma, com versões para Windows e macOS, o novo design parece conversar muito melhor com o sistema operacional da Microsoft — os elementos quadrados, de cores sólidas e ícones grandes, parecem ter saído diretamente do Windows 10 e podem parecer um pouco deslocados no ambiente mais colorido do Mac. Ainda assim, ao menos uma boa novidade pode ser aproveitada ao máximo pelos usuários dos computadores da Maçã: um dark mode que se adapta perfeitamente ao modo escuro das versões mais recentes do macOS.

Um dos elementos que mais se destacam nesta nova versão do Opera é a nova barra lateral, cuja inspiração vem diretamente do Opera Neon. Nela, dispõem-se as funções principais do navegador, como os favoritos, histórico, extensões e sites do recurso speed dial (navegação rápida) — tudo pode ser devidamente personalizado pelo usuário, claro.

Novo Opera 44

Lá também vive uma integração muito interessante com o Facebook Messenger que mostra suas notificações e abre uma janelinha popup para você conversar com seus contatos sem precisar sair da aba atual. A ideia da Opera Software é utilizar esta extensão como um exemplo para que os desenvolvedores possam realizar seus próprios programinhas que tirem proveito da barra lateral — a barra, aliás, virá ativada por padrão em todos os novos downloads do navegador, mas usuários antigos deverão ativá-la manualmente quando atualizarem.

O Opera 44, por enquanto, está disponível apenas em versão para desenvolvedores; como é comum no ciclo de atualizações do navegador, as mudanças chegam primeiro nestas versões e, alguns meses depois, refletem-se no produto final para os consumidores. Vale a pena dar uma olhada — os links para download das versões de teste estão disponíveis ao fim desta página.

[via TechCrunch]

Posts relacionados

Comentários