Apple ganha permissão para testar carros autônomos pelas ruas da Califórnia e reacende o rumor do “Apple Car” [atualizado]

Os rumores relacionados ao “Apple Car” (suposto carro elétrico/autônomo da Maçã) esfriaram bastante nos últimos meses, mas agora algo poderá reacender essa chama: conforme informou o Business Insider, a Apple recebeu hoje uma permissão para testar carros autônomos pelas ruas da Califórnia.

A confirmação está lá, para quem quiser ver, no site oficial do Departamento de Veículos Motorizados do Estado da Califórnia (Department of Motor Vehicles, ou DMV). A empresa, é claro, não está sozinha nesta empreitada — junto dela, outras 29 companhias (do mercado automotivo, de tecnologia, etc.) também receberam a benção do departamento. Segundo o DMV, qualquer fabricante de tecnologias autônomas deve solicitar esta permissão antes para poder testar veículos autônomos em estradas públicas do Estado.

De acordo com o MacRumors, esta licença exige várias etapas, incluindo informar detalhes de cada veículo específico que será testado, o que sugere que a Apple já pode ter algum tipo de protótipo pronto para ser colocado na rua. Se a empresa irá mesmo testar um carro nos próximos dias/semanas/meses, ainda é uma incógnita; se o fizer, porém, documentos públicos (ou seja, que podem ser acessados por nós, meros mortais), deverão ser preenchidos. Mais do que isso: todas as empresas que participam do Programa de Testes de Veículos Autônomos devem apresentar relatórios que descrevem quantos quilômetros foram percorridos pelos seus carros. Ou seja, se a Apple resolver testar um carro, diversos documentos vão pipocar por aí!

Pelo visto veremos mais e mais notícias relacionadas ao “Apple Car” agora. Os próximos meses serão interessantes…

Atualização · 17/04/2017 às 12:47

Segundo a Bloomberg, a Apple na verdade começará os testes de um software/plataforma para carros autônomos (e não um carro da Maçã em si). Até por isso, na permissão concebida há referências para testes no carro Lexus RX450h, modelo 2015, com até seis pessoas dentro.

Posts relacionados

Comentários