Google Maps para iOS ganha recurso “linha do tempo” e integração com o iMessage, mas misteriosamente perde app para Apple Watch

O único serviço de mapas que importa (desculpa, Apple Maps, mas é verdade) ganhou uma atualização bem interessante no seu aplicativo para o sistema móvel da Maçã. O Google Maps para iOS chega à sua versão 4.30.0 com algumas novidades que pouparão tempo e trarão novas informações aos zilhões de usuários do serviço ao redor do mundo — mas também retira um aspecto crucial caso você tenha o costume de checar direções no seu pulso.


Ícone do app Google Maps -trânsito & comida

Google Maps -trânsito & comida

de Google LLC

Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com o iMessage
Versão 5.32 (245.7 MB)
Requer o iOS 10.0 ou superior

Grátis

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

Screenshot do app Google Maps -trânsito & comidaScreenshot do app Google Maps -trânsito & comidaScreenshot do app Google Maps -trânsito & comidaScreenshot do app Google Maps -trânsito & comidaScreenshot do app Google Maps -trânsito & comida

Dentre as principais novidades no update, o aplicativo agora traz o recurso “Linha do tempo”, que já estava disponível no Google Maps para web e para Android há quase dois anos. Ele faz exatamente aquilo que o seu nome diz: caso você tenha sua localização ativada para o app, você pode rememorar seus passos em um dia específico na sua história, relembrando lugares onde esteve e coisas que fez. Da minha parte, eu adoro o recurso, mas ele é, admitidamente, curioso e assustador em partes iguais.

Outra adição interessante é o widget Rotas, que adiciona uma forma fácil de visualizar a sua navegação curva-a-curva que o Apple Maps provavelmente não disponibiliza na sua área. Para ativar o widget, basta aceder ao botão “Editar” na área “Hoje” da sua Central de Notificações e ativar o Rotas — a partir daí, toda vez que você iniciar uma navegação no Google Maps, as instruções estarão disponíveis até mesmo na tela bloqueada. Fácil, não?

Por fim, a atualização traz uma integração com o iMessage que deixa o mensageiro da Maçã com cara de WhatsApp — no sentido de que você pode mandar sua localização estática para um contato com o serviço do Google.

Quanto à parte intrigante: por algum motivo até agora não explicado, o update sumiu com o app do Google Maps para Apple Watch. Ninguém sabe precisar a razão para a retirada, mas inegavelmente trata-se de um golpe nos donos do reloginho da Apple que gostam de navegar diretamente dos seus pulsos — eu, que não tenho e nem pretendo ter um Apple Watch nos próximos tempos, penso que uma das suas maiores utilidades seria justamente guiar-me nas ruas das cidades durante minhas caminhadas, então o sumiço soa-me deveras estranho.

Vamos esperar uma palavra do Google quanto à retirada — tanto podemos estar falando de um abandono do desenvolvimento do app como um erro nesta versão específica que pode ser corrigido em breve. De qualquer forma, a nova versão do Google Maps já está disponível gratuitamente na App Store.

[via AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários