Brasil perde o título de iPhone mais caro do mundo

O Deutsche Bank divulgou hoje a sua pesquisa anual intitulada Mapping the World’s Prices (algo como “Mapeando os Preços Mundiais”), que na prática nos mostra onde é mais caro comprar um iPhone.

Usando como base um iPhone de 4,7 polegadas com 128GB de espaço para armazenamento, a publicação destaca que o Brasil deixou de ser o país mais caro para se comprar o celular da Maçã em 2017, cedendo o seu lugar para a Turquia. Por lá, o aparelho custa cerca de US$1.200, seguido pelos US$1.115 cobrados por um iPhone tupiniquim.

Ranking do iPhone mais caro do mundo

Se você estiver de férias na Turquia, no Brasil, na Rússia ou na Grécia, tente evitar as lojas da Apple, pois os iPhones são 25-50% mais caros do que nos EUA — o lugar mais barato para se comprar. Hong Kong, Malásia e Canadá só veem um pequeno ágio sobre os preços dos EUA.

Jim Reid, estrategista do Deutsche Bank.

Segundo a publicação, fatores como a política instável no país otomano e a valorização do dólar após a vitória de Donald Trump pesaram na definição do primeiro lugar no ranking. Na mesma pesquisa divulgada em 2016, o Brasil apareceu no topo da lista, com um preço estimado em US$1.254.

[via 9to5Mac]

Posts relacionados

Comentários