Estamos em 2017, mas as cópias descaradas de iPhones ainda fazem sucesso na China… por 1/8 do preço

Vamos voltar alguns anos no tempo para os idos de 2009, quando o iPhone ainda era um mero infante de duas primaveras e sentava-se confortavelmente sozinho no cume da bela montanha que era o auge do boom tecnológico dos smartphones. Paralelamente ao sucesso do smartphone da Maçã, desenvolveu-se na China — então notória por seus produtos sem qualquer originalidade ou durabilidade — todo um mercado paralelo de cópias infinitas do iPhone e, por aqui, nosso querido Mercado Livre vendia estes clones descarados por uma fração do preço (e da qualidade, obviamente).

Publicidade

Oito anos depois, a coisa mudou. Várias empresas chinesas têm se dedicado a construir produtos de ponta, com design refinado e qualidade notável, para competir com as melhores criações americanas, europeias, japonesas ou coreanas — e, nos smartphones, o cenário não é muito diferente, com nomes como o OnePlus 3T ou o Xiaomi Mi Mix frequentemente figurando na lista dos melhores aparelhos do mundo.

Entretanto, como diz o ditado, velhos hábitos custam a morrer. E, talvez por isso, ainda tenhamos que ver algumas cópias deveras descaradas do iPhone surgindo lá do outro lado do mundo. É o caso deste novo modelo da (obscura) fabricante UMIDIGI, batizado de UMIDIGI G. Bom… vejam com seus próprios olhos:

Smartphone UMIDIGI G

Publicidade

Como eu nem precisaria dizer, o smartphone é um clone deveras similar ao iPhone 7, do vidro curvo às linhas para recepção de sinal — que, aqui, são puramente um artifício para aproximar-se ainda mais do smartphone da Maçã, já que a traseira é de plástico com aparência de alumínio em vez do metal característico do iPhone. No mais, o UMIDIGI G traz especificações bem medianas, como tela HD de 5 polegadas, processador MediaTek de quatro núcleos, 2GB de RAM, 16GB de armazenamento, câmeras de 8 (traseira) e 2 (frontal) megapixels, sensor biométrico frontal e suporte a dois cartões SIM com receptor 4G.

Em ao menos um ponto é discutível se o clone tem uma vantagem sobre o original, já que o UMIDIGI G roda o Android 7.0 puro em vez do iOS 10 (por favor, sem brigas nos comentários). Já em outro, a cópia chinesa supera com facilidade o iPhone legítimo, já que o smartphone chinês traz uma saída para fones de ouvido. Aparentemente, sobrou coragem para copiar mas faltou coragem para tirar o conector analógico. ¯\_(ツ)_/¯

Smartphone UMIDIGI G

Publicidade

O ponto mais atraente do UMIDIGI G, obviamente, é o seu preço: você pode ter um aparelho muito parecido com um iPhone por 1/8 do valor de um iPhone, já que a fabricante pede meros US$80 (~R$260) pela sua mais recente “criação” (ênfase nas aspas, por favor). Claro, vamos ignorar todos os potenciais problemas de qualidade de construção, níveis de radiação e condições de trabalho desumanas; se for para tirar onda com os amigos ou impressionar a colega de trabalho, vale tudo, certo?

A venda do smartphone (na China) começará no dia 20/5, mas você pode inscrever-se desde já para ter acesso antecipado ao UMIDIGI G nesta página — desde que não esteja preocupado também em arcar com os custos de importação, claro.

Como diria meu amigo Rafael Fischmann: chama o jurídico, Apple!

Publicidade

[via Cult of Mac]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…