Imagination Technologies inicia um “processo de resolução de disputa” contra a Apple sobre seus chips gráficos

No mês passado, todos foram surpreendidos com uma nota publicada na página da Imagination Technologies, a fabricante de chips gráficos dos produtos da Apple, a qual afirmava que a gigante de Cupertino deixaria de utilizar sua tecnologia para fazer chips próprios.

Logo da Imagination Technologies

Na publicação, a Imagination citou que seria difícil para a Maçã seguir com essa ideia sem que infringisse alguma patente da empresa, mas esperava que um acordo ocorresse. O que não ocorreu, ao menos não ainda.

A fabricante de chips, então, iniciou agora um “processo de resolução de disputa” contra a Apple, conforme noticiou a Reuters.

A Imagination foi incapaz de fazer progressos satisfatórios com a Apple até a data no que diz respeito a acordos comerciais alternativos para a licença atual e acordos de royalties.

A Imagination iniciou, portanto, um processo de resolução de disputa em relação ao acordo de licença a fim de chegar a um acordo através de um processo mais estruturado. A Imagination reservou todos os seus direitos em relação ao uso não-autorizado, pela Apple, de informações confidenciais e propriedades intelectuais da Imagination.

A notícia de que a Apple deixaria de utilizar os chips da empresa a afetou tanto que suas ações caíram 70% em um único dia. Então, sem contar que ela perdeu sua maior cliente, é compreensível que corra atrás para não ser tão prejudicada. Todavia, é curioso ela já estar fazendo isso agora antes sequer de a Apple lançar qualquer coisa que supostamente possa vir a infringir patentes/propriedades intelectuais.

No que parece um último suspiro, a Imagination anunciou também que estaria vendendo seus negócios de MIPS e Ensigma, a fim de arrecadar um pouco com isso e utilizar os recursos para se concentrar em suas tecnologias gráficas PowerVR.

[via MacRumors]

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários