Apple supera a receita da Rolex e se torna a maior marca de relógios do mundo

Apple Watch

Quando os smartwatches surgiram, alguns acreditavam que eles representariam uma grande revolução; já outros achavam que a nova expressão de tecnologia não iria emplacar. Seja qual for (ou tenha sido) a nossa opinião, é certo que eles atraíram muita atenção e conseguiram uma boa participação tanto no mundo da tecnologia quanto na centenária indústria de relógios.

Em se tratando especificamente da Apple, recentemente descobrimos que ela já é considerada a maior fabricante de wearables do mundo. Agora, alguns dados mostram que a Maçã já lidera também a indústria relojoeira.

Conforme noticiou o Hipertextual [Google Tradutor], a Apple vende mais relógios do que a gigante Rolex! Ainda que o número exato de vendas de Apple Watches não tenha sido revelado no último trimestre fiscal, Tim Cook afirmou que a categoria “vestíveis” (que engloba não apenas os relógios, mas também os AirPods e os fones da Beats) da empresa já poderia ser considerada uma companhia da Fortune 500 — o que significa dizer que tais produtos rendem um faturamento de US$5,1 bilhões ao ano.

A partir disso, o analista Neil Cybart estimou quais seriam os possíveis números de vendas a partir do segundo trimestre de 2016 (Q2 2016) para achar o valor mais aproximado possível do real, colocando-os em um gráfico:

  • Q2 2016: 1.800.000 unidades vendidas;
  • Q3 2016: 1.800.000 unidades vendidas;
  • Q4 2016: 5.400.000 unidades vendidas;
  • Q1 2017: 3.200.000 unidades vendidas.

Vendas Apple Watch

Somando os últimos quatro trimestres, nós temos o total de 12.200.000 unidades vendidas. Multiplicando pelo preço médio do relógio (US$430), chegamos ao valor de US$5,2 bilhões ao ano — o que já comprovaria a fala de Cook, apenas para o relógio! É verdade que os demais dispositivos da categoria provavelmente têm um faturamento bem menor que o do Apple Watch — sem contar que os fones sem fio da Apple “acabaram” de ser lançados.

Depois dessa análise, concluiu-se que “nenhuma marca recebeu tanto dinheiro por ano”. Isso é, a Maçã ultrapassou até a Rolex, que arrecada cerca de US$4,6 bilhões anuais.

Uma confusão, entretanto, não pode ser feita: marca não é o mesmo que fabricante. Isso porque o grupo Swatch — que, vira e mexe, tem algum atrito com a Apple — tem vendas superiores, porém se divide em diversas marcas como Omega, Swatch, Rado, Certina, Longines, Tissot, etc.

É incrível que um smartwatch tenha conseguido ultrapassar (em vendas) empresas que já estavam estabelecidas no mercado há muitos anos. Porém, o mais incrível mesmo é que a Apple conseguiu fazer isso em apenas dois anos.

Arrasou, Apple! 🍎⌚️

Posts relacionados

Comentários