iBooks Store passará a cobrar na moeda local em alguns países da Europa e da América do Sul; Brasil ficou de fora

Há muito se discute os benefícios e as desvantagens de ter uma iTunes Store que cobre na moeda local — por enquanto, aqui no Brasil, precisamos fazer todas as nossas compras digitais da Maçã em dólares, o que pode ser potencialmente ruim caso a flutuação cambial esteja ascendente mas traz algumas vantagens em relação a impostos.

Publicidade

Ninguém sabe exatamente se (ou quando) a Apple fará a mudança aqui na loja brasileira, mas o fato é que alguns vizinhos nossos estarão vendo exatamente esta alteração nas próximas semanas — embora não em âmbito geral.

Nota da Apple sobre mudança cambial da iBooks Store em alguns países
Imagem: MacRumors

Segundo informações do MacRumors, a iBooks Store — e apenas ela — de alguns países da Europa e da América do Sul passará a mostrar preços e a realizar cobranças nas moedas locais destes territórios. As localidades contempladas pela mudança são: Chile, Colômbia, Peru, Bulgária, República Checa, Hungria, Polônia e Romênia.

Um email da Apple enviado aos editores/escritores que vendem conteúdo na sua loja de livros digitais afirma que a mudança será realizada 14 dias ou mais após 9 de maio — ou seja, a partir de 23/5. No dia em questão, todos os valores da loja serão convertidos utilizando a taxa cambial referente à data; os vendedores passarão, então, a receber seus lucros já nas moedas locais e poderão alterar os preços das suas mercadorias logo após a conversão.

Será que seremos os próximos contemplados? Só o tempo dirá…

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…