Apple nomeia Denise Young Smith como sua primeira VP de inclusão e diversidade [atualizado]

Com o mundo mudando e as demandas por maior representatividade em todos os aspectos da vida e do mundo cada vez maiores, não é surpresa que as grandes empresas imbuam-se deste espírito de diversidade — se estamos falando de algo genuinamente preocupado com a importantíssima pauta da inclusão social ou somente de uma sucessão de jogadas de marketing para atender ao público, não tenho certeza (esta é uma crucial discussão, mas para outro momento).

O fato é que a Apple é uma das companhias mundiais que mais destacam-se por suas ações promotoras de diversidade, preocupando-se em destacar a importância que dá ao tema em toda a sua comunicação e também em relatórios anuais que publica sobre o assunto. E, para coroar todas as iniciativas já realizadas, a Maçã está criando um novo cargo de vice-presidente justamente para lidar com essas demandas.

Denise Young Smith

De acordo com informações do 9to5Mac, Denise Young Smith [acima] passa a ser a nova vice-presidente de inclusão e diversidade da Apple, um novo cargo na cúpula da Maçã que liderará as ações da empresa no campo e buscará novas formas de promover a representatividade em Cupertino e além. A mudança ainda não está refletida na página de lideranças da Apple, mas Smith já atualizou seu perfil no LinkedIn e, aparentemente, a “promoção” também já foi oficializada internamente.

A executiva não pode, nem de longe, ser considerada uma novata na Apple: ela está em Cupertino desde 1997, sempre ocupando cargos importantes na área de recursos humanos — o último, justamente, foi o de VP global de recursos humanos. Agora, entretanto, Denise vai responder diretamente ao diretor executivo (CEO) Tim Cook na sua nova função, enquanto o departamento de RH — provavelmente sob uma nova liderança, ainda não anunciada — continua subalterno ao núcleo de Luca Maestri, diretor financeiro (CFO) da empresa.

É bom notar que a Apple já tinha antes um diretor de diversidade e inclusão, Jeffrey Siminoff, mas este era, como o próprio nome diz, um cargo menor na hierarquia da empresa — agora, Smith poderá agir com muito mais independência liderando novas iniciativas de inclusão e diversidade dentro da Maçã, com toda a autonomia que se espera de um(a) vice-presidente.

Esperamos, do fundo do coração, que ela tenha o maior dos sucessos nesta nova empreitada.

Atualização, por Rafael Fischmann 30/05/2017 às 21:36

Demorou um pouquinho, mas hoje a Apple finalmente atualizou a sua página de liderança alterando o cargo de Smith para “vice-presidente de inclusão e diversidade” e confirmando que ela agora responde diretamente ao CEO Tim Cook.

Posts relacionados

Comentários