Beam, serviço de streaming de jogos da Microsoft, agora se chama Mixer; novo app permitirá transmissão do iOS ou do Android

Se você tem o mínimo de familiaridade com o mundo dos videogames, certamente já ouviu falar do Beam, serviço de streaming da Microsoft (ou melhor, adquirido por ela no ano passado) com foco no público aficionado de jogatina que permite a transmissão de partidas diretamente do Windows 10 ou do Xbox One.

Bom, pois agora a gigante de Redmond está anunciando uma renovação total na plataforma, incluindo novos sistemas operacionais suportados — sim, o iOS está dentro — e, para coroar a série de mudanças, um novo nome: Mixer.

Mixer, plataforma de streaming da Microsoft

A lista de novidades é bem grande, mas o novo recurso que mais interessará aos gamers fincados com os pés em outras plataformas, como o iOS ou o Android, dá-se pelo nome de Mixer Create. Este é o nome de um novo aplicativo, que estará disponível nas lojas dos sistemas operacionais móveis da Apple e do Google ainda hoje em versão beta, e inicialmente trará a possibilidade de os usuários fazerem transmissões ao vivo das suas câmeras, bem como interagir com os seus seguidores por meio de um chat.

O “recurso matador”, entretanto, chegará em breve: em um futuro próximo, o aplicativo receberá uma atualização que permitirá ao usuário transmitir as suas próprias jogatinas diretamente do iOS ou do Android — duas plataformas, aliás, que vêm crescendo muito e finalmente ganhando algum respeito da comunidade gamer. O streaming dos sistemas móveis poderá ser visto por todos os usuários, da mesma forma que aqueles gerados do Windows ou do Xbox.

Além da entrada do iOS e do Android no bolo, o Mixer também passará a oferecer o recurso de co-streaming, no qual até quatro usuários poderão fazer a transmissão de seus jogos simultaneamente numa tela dividida; com isso, espectadores da sessão terão um chat centralizado com os quatro jogadores. Quando o Mixer Create passar a oferecer o recurso de transmissão de jogos, os usuários do app também poderão entrar nas transmissões compartilhadas como todos os outros.

A última grande novidade do dia é o Channel One, um guia embutido em todos os aplicativos do Mixer que ajuda usuários a encontrarem as melhores sessões ocorrendo naquele instante; o canal serve também como um guia para que novatos na plataforma encontrem-se na multitude de opções disponíveis e consigam fazer as suas próprias transmissões sem complicação.

Quando tudo isso estará disponível, exatamente? A maior parte das novidades, agora: o recurso de co-streaming já está liberado para usuários do Xbox e do Windows 10, bem como o Channel One. A versão beta do app Mixer Create já está disponível na Google Play, portanto deverá aparecer também na App Store nas próximas horas. E o aplicativo Mixer “comum” — que nada mais é que o antigo Beam, renomeado, que serve somente para assistir a transmissões alheias — está disponível gratuitamente na App Store.


Ícone do app Mixer - Interactive Streaming

Mixer - Interactive Streaming

de Microsoft Corporation

Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 5.0.0 (101.4 MB)
Requer o iOS 10.0 ou superior

Grátis

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

via TechCrunch

Posts relacionados

Comentários