High Sierra será a última versão do macOS a suportar completamente apps de 32 bits

está confirmado na prática o que vimos começar a acontecer alguns dias atrás e que já era esperado há tempos: o iOS 11 será exclusivamente 64 bits. Com isso, a Apple está matando suporte aos iPhones 5/5c e ao iPad de quarta geração.

O macOS High Sierra não tem a mesma restrição, mas será basicamente a última versão do sistema operacional de Macs a suportar completamente apps de 32 bits. O anúncio foi feito durante a palestra Platforms State of the Union, ainda no primeiro dia da Worldwide Developers Conference (WWDC) 2017.

64 bits no macOS

A partir de janeiro de 2018, todos os novos aplicativos/jogos enviados para a Mac App Store terão que ser exclusivos de 64 bits. Em junho de 2018, esse requerimento se estenderá também para atualizações de apps já existentes — na prática, matando os antigos/abandonados de 32 bits.

Na próxima grande atualização do macOS, que irá suceder o High Sierra, é bem capaz que a maioria dos apps de 32 bits ainda rode — mas já mostrando alertas de incompatibilidade tal como temos visto em versões recentes do iOS. Na atualização sub-sequente, em 2019, a Apple finalmente deverá remover todas as bibliotecas de 32 bits do macOS.

Ainda temos bastante tempo pela frente, mas é uma transição importante o suficiente para a Apple anunciar com tamanha antecedência. No iOS foi mais “fácil” fazer isso, por ser uma plataforma bem mais nova e pelo fato de a empresa controlar todo o hardware dos dispositivos, então ela se preparou e desde 2013 todos os iGadgets contam com chips de 64 bits (a partir do A7).

via iMore

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários