Mozilla oficializa chegada do sistema de múltiplos processos na versão 54 do Firefox

Apesar de não ter hoje em dia a mesma relevância/popularidade de outrora, o Firefox continua com um grupo bastante fiel de usuários e a Mozilla como um todo mantém uma forte influência na definição de padrões para a web. Mesmo não sendo o navegador preferido da maioria dos usuários, o Firefox sem dúvida nenhuma contribui muito para a web estar como está atualmente.

Publicidade

Na sua versão 52, ele implementou suporte à tecnologia WebAssembly — que chegará ao Safari na sua versão 11.0, do macOS High Sierra. A 54, lançada ontem, é também bastante relevante — mas, desta vez, é a Mozilla tirando o atraso em relação às suas concorrentes.

O Firefox 54 oficializa a chegada de um sistema de múltiplos processos (e10s-multi, também conhecido como Electrolysis) ao navegador da Mozilla, que já estava em testes há algumas versões com um grupo seleto de usuários.

Consumo de memória entre navegadores

Publicidade

Conforme mostra o gráfico acima, testes da Mozilla indicam que o Firefox agora consome bem menos memória que seus concorrentes — seja no Windows, no macOS ou no Ubuntu. Todavia, em alguns testes rápidos por aqui, pelo menos, não senti esse benefício prático ainda, não. Continua beeem pesadão…

Pior: uma extensão indispensável para mim, a do gerenciador de senhas 1Password, ainda não utiliza os últimos frameworks do Firefox, e por isso, quando instalada, desativa o sistema multi-processos do navegador (claro que eu o testei com ela desativada também). A desenvolvedora AgileBits afirma estar trabalhando numa nova versão compatível, mas por ora não dá previsão de lançamento.

Ademais, o Firefox 54 também vem com um botão e painel de status de downloads simplificados, várias correções de segurança, melhorias gerais para desenvolvedores, etc. Ele pode ser baixado imediatamente aqui.

Publicidade

via VentureBeat

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…