Microsoft usa inteligência artificial para o bem maior com o app Seeing AI, que descreve o mundo para deficientes visuais

Se você costuma ler meus textos com alguma regularidade, já deve ter me visto diversas vezes fazendo comentários ácidos sobre o uso de tecnologias extremamente promissoras, como a da inteligência artificial, para fins absolutamente fúteis, como um aplicativo que transforma selfies em figurinhas — e, não me entendam mal, o mundo também precisa de leveza e coisas meramente divertidas. O problema é quando o mundo todo se resume a isso e nada de fato socialmente relevante aparece.

Bom, hoje eu mudarei completamente de discurso, porque o aplicativo do qual falaremos agora é um exemplo clássico e admirável da tecnologia servindo à humanidade — e complementando as suas limitações — da melhor forma possível. E ele vem, adivinhem, da Microsoft. Este é o Seeing AI:


Ícone do app Seeing AI

Seeing AI

de Microsoft Corporation

Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 3.1 (291.4 MB)
Requer o iOS 10.0 ou superior
🇺🇸 Indisponível na App Store brasileira!

Grátis

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

Screenshot do app Seeing AIScreenshot do app Seeing AIScreenshot do app Seeing AIScreenshot do app Seeing AI

O mais novo app a sair da (extremamente frutífera) divisão de Inteligência Artificial de Redmond é, como ele próprio se define, uma “câmera falante para pessoas cegas”. Ou seja, deficientes visuais podem apontar a câmera dos seus iPhones para uma série de elementos e obter descrições em áudio do que está sendo visto. É possível capturar informações de placas na rua, produtos (por meio de seus códigos de barra), pequenos textos ou documentos — o Seeing AI ajuda o usuário até mesmo a posicionar a câmera da melhor forma possível para captura.

A parte mais impressionante, entretanto, é que o app reconhece também pessoas e suas expressões faciais — então é possível “salvar” as pessoas com quem o usuário convive para que elas sejam reconhecidas imediatamente e obter informações aproximadas sobre a idade, gênero e emoções da pessoa apenas por dados capturados no seu rosto. Por fim, o Seeing AI ainda tem um recurso, em prévia inicial, que descreve cenas inteiras capturadas pela câmera, bem como imagens apresentadas em outros aplicativos — basta tocar na opção “Recognize with Seeing AI” (“Reconhecer com o Seeing AI”) no menu de compartilhamento.

O Seeing AI, por enquanto, só está disponível em alguns países — Canadá, Estados Unidos, Hong Kong, Índia, Nova Zelândia e Singapura — e apresenta suporte apenas ao idioma inglês. A promessa da Microsoft, entretanto, é levar a tecnologia o mais rapidamente possível a outros países e idiomas para que todos os usuários sejam contemplados com brevidade.

O aplicativo está disponível gratuitamente na App Store americana, e é compatível com iPhones rodando o iOS 10 ou superior. Belo trabalho, pessoal!

via 9to5Mac

Posts relacionados

Comentários