Apple estaria trabalhando com companhia chinesa em baterias automotivas, reacendendo rumores do “Apple Car”

Já se vão mais de nove meses desde que publicamos esta notícia e, desde então, os rumores do mítico “Apple Car” esfriaram completamente e todos assumimos que a Apple tinha de fato desistido de construir um carro para chamar de seu, preferindo focar na criação de um sistema de auto-guiagem que pudesse ser equipado no “hardware” de terceiros — coisa que, de certa forma, até o próprio Tim Cook confirmou.

Entretanto, nós nunca podemos descartar a hipótese de o CEO ter revelado apenas uma parte ínfima dos reais planos da empresa para o mundo automotivo, o que, aliás, faz todo o sentido (a Apple nunca foi de sair contando seus projetos por aí, afinal). E, se o rumor du jour tem alguma base de veracidade, temos todos os motivos do mundo para crer que, sim, o sonho de um carro com a Maçã reluzente no capô ainda está vivo.

Bateria para carros elétricos

Digo isso porque, segundo o jornal Yicai Global, de Xangai, a Apple estaria trabalhando em parceria com a empresa chinesa Contemporary Amperex Technology Limited (ou CATL, para os íntimos) na pesquisa e no desenvolvimento de tecnologias para baterias automotivas. Fontes ligadas ao assunto, segundo a publicação, afirmam que as duas companhias assinaram um acordo de confidencialidade para iniciarem os trabalhos em conjunto, mas não há mais informações sobre os pormenores do plano.

Apenas para pintar o plano de fundo, a CATL é uma das maiores empresas da China no ramo de P&D de tecnologias de baterias, além de figurar como a terceira maior fabricante de baterias automotivas do mundo; seus produtos equipam uma série de modelos de carros híbridos e elétricos, bem como ônibus e outros veículos automotores.

A notícia, naturalmente, não é um indicativo certeiro de que a Apple estaria, afinal de contas, trabalhando num veículo próprio para lançamento futuro. Considerando que o rumor prove-se verdadeiro, nada impede que a Maçã esteja, por exemplo, simplesmente pensando em atrelar as baterias à venda do seu possível vindouro sistema operacional automotivo (carOS?). Ainda assim, a possibilidade está de volta com tudo depois dessa — então, que se (re)iniciem as máquinas dos rumores!

via AppleInsider

Posts relacionados

Comentários