Capa da National Geographic Italia deste mês é oferecida por um simulador de nave espacial e o flash de um iPhone

A revista National Geographic é conhecida por dois elementos básicos na sua capa: o contorno amarelo-gema, que eventualmente tornou-se a própria marca da empresa, e as fotos acachapantes publicadas mês a mês no seu espaço de maior destaque. A subsidiária italiana da publicação não é diferente, e este mês trouxe uma imagem muito bonita (acima) do astronauta-sênior Paolo Nespoli dentro de um simulador de módulo espacial.

Publicidade

Tão interessante quanto a foto em si, entretanto, são os detalhes da circunstância em que ela foi tirada — e, como você está no MacMagazine, pode ter certeza de que ela envolve algum produto da Apple; no caso, como vocês já devem ter imaginado, estamos falando de um iPhone. Ou, mais precisamente, o seu flash LED.

Quem conta é a história é o DPReview: o fotógrafo italiano Alessandro Barteletti passou o último ano trabalhando numa sessão de fotos com Nespoli, astronauta de 60 anos que está rodando o mundo em diversos centros de treinamento, preparando-se para mais uma missão espacial — que, quando iniciada, o transformará no mais velho cosmonauta a entrar em órbita na história.

Em Star City, centro russo de treinamento para astronautas, Nespoli estava num simulador do módulo de lançamento Soyuz quando Barteletti viu o momento perfeito para a foto mais significativa do seu trabalho. Ao puxar a sua Nikon D3 velha de guerra para fazer o clique, entretanto, surpresa: todas as luzes se apagaram e os responsáveis pelo equipamento pediram que eles encerrassem a sessão.

Publicidade

O fotógrafo tinha muitos equipamentos de iluminação profissionais, mas nenhum naquele momento — e, naturalmente, se ele saísse do módulo, não poderia mais voltar. O que ele fez, então? Puxou seu iPhone — o único equipamento eletrônico com ele além da câmera —, ligou o flash e o posicionou entre dois painéis atrás do astronauta. Foram só alguns segundos entre a disposição do equipamento, a captura da imagem e a saída do módulo, e, ainda assim, o resultado ficou fantástico — meio fantasmagórico, meio esperançoso.

Foto para National Geographic Magazine Italia, por Alessandro Barteletti
A foto original de Alessandro Barteletti.

E foi assim que uma foto iluminada por um iPhone foi parar na capa de uma das revistas mais respeitadas do mundo. Eu adoro esse tipo de história, e vocês?

via Cult of Mac

Publicidade
Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…