Na Holanda, gangue romena rouba quase R$2 milhões em iPhones num assalto espetacular a caminhão em movimento

Poderia ser a cena inicial de um blockbuster bilionário de Christopher Nolan, mas é a mais pura realidade: uma gangue romena assaltou um caminhão em movimento e levou uma quantidade de iPhones valendo aproximadamente €500.000 (~R$1,85 milhão) numa estrada holandesa.

Difícil de acreditar? Pois continue lendo.

A história aconteceu há cerca de uma semana. O grupo de cinco homens do Leste Europeu, que já estava sendo caçado pela polícia holandesa por uma série de roubos ao longo do último ano, resolveu fazer sua ação mais ousada ao roubar um caminhão a 110km/h levando milhares de iPhones numa manobra — aparentemente já notória — chamada “método romeno”.

Funciona assim: os malfeitores, dirigindo um SUV, encostam na parte de trás do caminhão alvo. Dois dos integrantes da equipe saem do carro pelo teto solar e se apoiam no capô equipado com uma superfície antiderrapante. Em seguida, um dos dois malucos bandidos projeta-se para a frente para quebrar o cadeado na porta traseira do caminhão, enquanto o outro segura as suas pernas. Em seguida, ambos adentram o compartimento de carga do veículo e passam as mercadorias de volta para o SUV — sem que o incauto motorista do caminhão sequer perceba alguma coisa.

Eis aqui uma captura em vídeo da manobra, realizada em outra ocasião:

A gangue em questão já tinha realizado outros roubos dessa mesma estirpe em outras ocasiões (aparentemente, estamos falando de profissionais do crime sobre rodas), mas nenhum deles envolvia iPhones. Felizmente, entretanto, a história tem um final feliz para quem tem alguma afeição à forma da lei: o grupo, que consiste em homens entre 33 e 43 anos, foi preso no último fim de semana numa casa na Holanda, onde a polícia localizou todos os smartphones roubados.

Agora, a quadrilha irá a tribunal e certamente passará alguns anos sem que possa sequer entrar num veiculo — que dirá, então, roubar coisas em um.

via AppleInsider

Posts relacionados

Comentários