Surgem mais detalhes sobre o Steve Jobs Theater, como um elevador que gira e poltronas de R$43 mil!

Uma nova Apple TV. Um novo Apple Watch. “iPhone 8” e “iPhone Edition”. Ao que tudo indica, nós conheceremos oficialmente todas estas novas figuras daqui a menos de uma semana, na próxima keynote da Apple. Entretanto, o “produto” mais formidável a que nós seremos formalmente apresentados na próxima terça-feira é, digamos, um pouco maior, mais pesado e mais dispendioso.

A próxima conferência da Maçã, como você já deve ter lido umas quinhentas vezes, será a primeira realizada no novíssimo (e deveras apropriadamente nomeado) Steve Jobs Theater, o auditório do Apple Park. Hoje mesmo, mais cedo, já compartilhamos um vídeo mostrando a obra praticamente finalizada; agora, uma reportagem da Bloomberg revelou mais detalhes interessantes sobre o teatro — que, como os demais espaços do novo campus, apresenta uma profusão de soluções arquitetônicas inovadoras, decisões extremamente perfeccionistas de projeto e, claro, um orçamento ridiculamente alto para absolutamente tudo.

A estrutura geral do auditório já é conhecida há tempos — este post, que em breve completará seu quinto aniversário, mostra várias maquetes virtuais, plantas e cortes do projeto. O hall de entrada, que é a única parte no nível do chão, é guardado por enormes painéis de vidro curvos que sustentam a cobertura, um enorme disco prateado que confere um ar de objeto alienígena não-identificado ao teatro — design que complementa perfeitamente o prédio principal do Apple Park, que nós apelidamos carinhosamente de “espaçonave”.

Esse espaço superior não contém nenhum elemento além daqueles responsáveis por direcionar os visitantes ao lobby no nível inferior: duas escadas que se esgueiram nas extremidades do círculo e dois elevadores que, em se tratando da Apple, obviamente não poderiam ser elevadores comuns. A entrada e a saída dos ascensores estão em direções opostas, mas a Maçã certamente achou que seria muito “comum” empregar cabines com duas aberturas e resolveu investir em modelos feitos especialmente para ela, com cabines que giram enquanto sobem ou descem — desta forma, os visitantes entram e saem pela mesma porta.

Auditório Steve Jobs com o Apple Park ao fundo

Chegando ao lobby, que guarda as entradas para o auditório em si, temos mais um pulo do gato: paredes retráteis que escondem parte do espaço. Esta é uma solução pensada pela Apple e pelo estúdio Foster+Partners que permite à empresa organizar suas demonstrações de novos produtos e escondê-las elegantemente até que a apresentação esteja concluída. Em outras palavras, poderemos dar adeus aos panos pretos; os jornalistas que forem às keynotes no Steve Jobs Theater verão um espaço, na entrada, e outro completamente modificado na saída — apenas com o toque de um botão.

O auditório em si tem capacidade para 1.000 pessoas — pouco para um evento aberto ao público, como a WWDC (que seguramente continuará sendo realizada em outros espaços maiores, como centros de convenções), mas um número significativamente expandido em relação ao auditório Town Hall, na atual sede da Maçã em Infinite Loop, que conta com 300 lugares.

Que tal algumas fotos (de junho) da obra do Steve Jobs Theater, no Apple Park? Cortesia do Google Maps e dica do leitor @enzoaraujo! 😉

Uma publicação compartilhada por MacMagazine.com.br (@macmagazine) em

Como já vimos nestas fotos (acima) compartilhadas em nosso Instagram, o espaço do auditório não traz grandes revoluções arquitetônicas ou estilísticas — se é que é possível revolucionar a arquitetura de um auditório, isto é. Dito isso, é preciso destacar um aspecto deveras impressionante acerca do teatro: de acordo com o orçamento da obra, a Apple gastou US$14 milhões somente com as poltronas do auditório. Considerando a capacidade de 1.000 pessoas, sim, é isto mesmo que você ouviu: cada jornalista que comparecer às próximas keynotes da Apple na sua sede repousará seu traseiro numa poltrona de US$14 mil, ou aproximadamente R$43 mil cada.

Certamente, muitos outros detalhes — bem como a aparência final da parte interna do teatro — serão revelados na keynote em si, na semana que vem. Esperamos que os produtos lá apresentados estejam à altura deste fascinante espaço, não é mesmo?

via 9to5Mac

Posts relacionados

Comentários