Swatch perde cerca de US$1 bilhão em valor de mercado após anúncio do Apple Watch Series 3 — e a tendência é piorar

Para introduzir a nova geração do relógio da Maçã, o Apple Watch Series 3, Tim Cook iniciou sua apresentação na última terça-feira mostrando onde a empresa se situa no ranking de relógios mais vendidos do mundo. (Spoiler: 1º lugar).

Em todo e qualquer mercado no qual a Apple entra, os possíveis competidores se estremecem, o que é bastante compreensível em se tratando da empresa mais valiosa do mundo. E não foi diferente quando a Maçã entrou na indústria de relógios, tanto que um dos criadores da Swatch assumidamente afirmou que eles “estariam em perigo”.

Pois agora parece que isso se concretizou: assim que a Apple revelou o Watch Series 3, as ações da fabricante suíça de relógios caíram cerca de 4,5%, perdendo cerca de US$1 bilhão do seu valor de mercado, conforme contou o Business Insider.

Relogios Swatch

Essa reação pode retratar os desafios que algumas fabricantes de relógios estão enfrentando ao terem como competidores relógios supertecnológicos. Em uma entrevista realizada pela Bloomberg, Jon Cox, analista da Kepler Cheuvreux, falou sobre a novidade da vez de maneira nada favorável para a fabricante suíça:

O fato de o novo relógio ter removido a dependência do telefone tem potencial para ser inovador. É uma luta por um lugar nos pulsos e excelente funcionalidades contra um relógio simples de quartzo. Em muitos casos, o relógio de quartzo vai perder.

Para colocar mais lenha na fogueira dessa batalha, outro analista (Luca Solca, da Exane BNP Paribas) afirmou que os relógios inteligentes estão “longe de ser uma moda passageira”, que eles “vieram para ficar, continuaram atualizando suas funcionalidades e o anúncio do novo Apple Watch prova isso”.

A mesma fabricante já bateu de frente com a Apple quando havia notícias de que ela utilizaria o nome “iWatch”. Talvez para realmente afrontar, a Maçã também colocou a fabricante contra a parede quando ela decidiu utilizar o slogan “Tick different” por se parecer muito com o famoso “Think different”. Ou seja, talvez essa rivalidade só esteja piorando as coisas para a fabricante suíça.

Se olharmos para o panorama, certamente os smartwatches (não apenas os da Apple, obviamente) continuarão conquistando cada vez mais espaço e sendo atualizados recorrentemente. A centenária indústria de relógios que se cuide!

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários