A Apple também vê a Siri como uma espécie de psicóloga, como prova essa vaga de emprego postada em seu site

Você conversa com a Siri? Fala com ela sobre o seu dia, a faz perguntas sobre a sua vida, a pede ajuda para tomar decisões importantes, discute com ela questões existenciais? Bom… você não está sozinho(a). E a própria Apple tem plena consciência disso.

Uma vaga postada na página de empregos da Maçã indica que a empresa pode estar interessada em expandir esse lado da Siri: além de ser uma assistente digital que lhe ajude objetivamente, com soluções práticas para uma série de requerimentos, ela pode também ser uma “companheira” que, cada vez mais, compreenda discursos mais subjetivos e possa responder à altura.

Como afirma a própria empresa:

As pessoas têm conversas sérias com a Siri. Elas falam com a Siri sobre todo tipo de coisa, incluindo quando têm um dia estressante no trabalho ou algo sério as incomoda. Elas recorrem à Siri em emergências ou quando elas querem conselhos sobre viver uma vida mais saudável. Melhorar a Siri nessas áreas desperta seu interesse? Venha trabalhar como parte do time Siri Domains e faça a diferença.

A vaga indica que a Apple está procurando por um profissional de engenharia de software que tenha alguma experiência ou conhecimento prévio na área da Psicologia, justamente para potencializar a face mais humana e mais “amiga” da Siri. Não é lá a mais comuns das combinações de especialidades — ou seja, se você fala inglês fluentemente e tem um bom conhecimento e referências em ambas, pode se candidatar e começar a pensar em fazer as malas para Cupertino.

Esperamos, com isso, que a Siri realmente consiga evoluir — não só para o lado das objetividades, que tem sido (compreensivelmente) o foco da Apple nos últimos tempos, mas também para esse aspecto mais humano. Obviamente, nem a mais avançada das assistentes digitais irá substituir uma conversa com outro ser humano — ou, mais ainda, o acompanhamento de um(a) profissional da área de Psicologia —, mas a Siri e suas primas, conforme avançam na sua inteligência, podem inegavelmente dar uma ajudinha aos usuários em alguns aspectos.

E olha que recentemente cobrimos aqui a inspiração que o time da Siri teve no filme “Ela” (“Her”), ou seja, no fim tudo se conecta.

via 9to5Mac

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários