iFixit desmonta o iPhone 8 e encontra uma arquitetura interna deveras familiar [atualizado: iPhone 8 Plus]

Os iPhones 8 e 8 Plus já estão entre nós! Ainda que o interesse pelos aparelhos esteja relativamente arrefecido com o prospecto do lançamento do iPhone X, mês que vem, isso não impediu muita gente de chegar à loja da Apple mais próxima (nos países onde os aparelhos já chegaram, naturalmente) para garantir um dos novos dispositivos — inclusive duas figuras das quais vocês já devem ter ouvido falar: Rafael Fischmann e Eduardo Marques, que logo postarão aqui nossos unboxings e hands-on das belezinhas.

Enquanto isso, o pessoal da iFixit já conseguiu levar o iPhone 8 para casa e desmontá-lo até as últimas consequências. O veredito? Bom, como era de se esperar, não mudou muita coisa em relação ao iPhone 7.

Tirando as diferenças visuais — basicamente a substituição da traseira de metal pela de vidro — e a já comentada redução da bateria (que agora tem 1.821mAh, contra 1.960mAh do iPhone 7, embora a Apple prometa a mesma duração na prática), o iPhone 8 tem poucas diferenças em relação ao seu antecessor. Uma delas, claro, é o componente que permite o tão falado recurso de carregamento sem fio, que pode claramente ser visto nesta imagem de raio-X:

iPhone 8 desmontado pela iFixit

Outra mudança digna de nota: sai de cena uma vedação que revestia as presilhas que prendem a tela ao chassi do dispositivo; este elemento era um dos responsáveis pelo certificado IP67 do iPhone 7, mas agora a Apple parece ter conseguido uma outra forma mais eficiente de isolar seu novo smartphone de líquidos e poeira.

iPhone 8 desmontado pela iFixit

No mais, é interessante notar que a Maçã aposentou os parafusos proprietários de três pontas que seguravam o cabo do display; agora, são utilizados os parafusos universais Phillips. Além disso, temos alguns novos cabos internos para distribuição de dados e energia; e o Taptic Engine está fixado no seu lugar por um sistema de presilhas ligeiramente alterado.

Confira uma pequena galeria do teardown:

No geral, entretanto, o iPhone 8 é quase idêntico ao seu antecessor.

Concluindo a experiência, a iFixit deu ao iPhone 8 uma nota 6 de 10 no seu índice de “reparabilidade”, considerada mediana para boa. Os elogios ficaram por conta da facilidade para troca dos dois principais componentes — a tela e a bateria — e pela adição do recurso de carregamento sem fio, que pode diminuir o desgaste da porta Lightning. Por outro lado, a empresa criticou a dificuldade em substituir o painel traseiro de vidro e a proteção excessiva dos componentes na porção inferior do telefone, que deixa tudo muito difícil de ser substituído.

via AppleInsider

Atualização, por Priscila Klopper 25/09/2017 às 09:49

A iFixit também desmontou um iPhone 8 Plus e, como esperado, encontrou uma estrutura bastante semelhante à do iPhone 7 Plus — porém com as diferenças que foram apontadas acima, no iPhone 8.

Há uma diferença infeliz na bateria: enquanto o 7 Plus tem 3,82V, 2.900mAh e 11,1Wh, no 8 Plus foi encontrada uma menor (3,82 V; 2.691mAh; 10,28Wh) — proporção de redução similar à que ocorreu no irmão menor, de 4,7 polegadas.

Posts relacionados

Comentários