Polêmica: fundação faz coro com usuários e reclama do novo comportamento da Central de Controle do iOS 11

Uma das coisas que mais mudou no iOS 11 foi, sem dúvida, a Central de Controle. E, dentro dela, o que gerou mais polêmica foi o comportamento dos botões para “desligar” o Wi-Fi e o Bluetooth. Isso mesmo, “desligar” (entre aspas) pois, na verdade, ao tocar neles, os dispositivos são apenas desconectados.

A Apple explicou tudo neste artigo de suporte. Basicamente, quando você toca ali, desconecta o aparelho de uma rede ou de um dispositivo Bluetooth até que você ative o botão novamente, conecte-se a uma rede Wi-Fi ou a um dispositivo Bluetooth indo diretamente em Ajustes, até as 5h da manhã do dia seguinte ou que o aparelho seja reiniciado.

Mas por que a Apple optou por esse comportamento? Para você continuar utilizando coisas importantes como AirDrop, AirPlay, Apple Pencil, Apple Watch, recursos de Continuidade como Handoff e Acesso Pessoal, e serviços de localização.

Ainda que a causa seja “nobre”, o novo comportamento dos botões é um tanto polêmico. A reclamação extrapolou a fronteira dos usuários e chegou à Electronic Frontier Foundation.

Central de Controle do iOS 11

Para a fundação, esse comportamento representa um problema tanto no ponto de vista de privacidade quanto no de segurança. De privacidade pois, ao abrir a Central de Controle e tocar num desses botões, o usuário acha que desligou o recurso mas na verdade, como vimos acima, não; já em segurança, isso pode representar um problema já que, por exemplo, vira e mexe surge alguma brecha no protocolo Bluetooth que poderia ser rapidamente remediada ao desligar o recurso — coisa que não acontece já que, às 5h da manhã, tudo volta ao normal.

Segundo a EFF, o problema em si nem é o comportamento, mas a falta de um indicativo de que o botão, agora, funciona dessa forma.

Quando um telefone é projetado para se comportar de forma diferente do que a sua IU sugere, isso resulta em problemas de segurança e privacidade. Um usuário não tem pistas visuais ou textuais para entender o comportamento do dispositivo […].

Na tentativa de mantê-lo conectado aos dispositivos e serviços da Apple, o iOS 11 compromete a segurança dos usuários. Essa lacuna na conectividade pode potencialmente deixar os usuários abertos para novos ataques.

A solução sugerida pela EFF é relativamente simples: fazer com que as redes Wi-Fi e os dispositivos Bluetooth se conectem novamente ao iPhone apenas se o usuário tocar nos ícones mais uma vez — ou seja, retirar essa opção de automaticamente voltar a se conectar às 5h da manhã do dia seguinte.

A discussão é boa e realmente merece atenção. Veremos se a Apple mudará o comportamento desses botões após tantas reclamações.

via The Loop

Posts relacionados

Comentários