Em breve no Apple Music: três novos documentários estrelando Pink, Niall Horan e Bert Berns… e um estúdio próprio?

Não imagino que seja mais novidade para ninguém que a Apple está se esforçando cada vez mais para trazer conteúdo em vídeo exclusivo para o Apple Music, desde suas séries como o “Carpool Karaoke” até diversos documentários sobre figuras importantes dos mais variados gêneros musicais.

Hoje, dentro dessa segunda categoria, destacamos três lançamentos que ocorrerão a partir de hoje até o fim do mês e podem ser boas opções para se distrair ou saber um pouco mais sobre nomes de que você gosta ou tem interesse em conhecer.

On The Record: P!nk – Beautiful Trauma

Pink (ou, para os íntimos, P!nk) está com um novo álbum, apropriadamente denominado Beautiful Trauma, saindo do forno. Para acompanhar o lançamento, este documentário de curta metragem acompanha a artista no processo de criação e gravação do disco, apresentando entrevistas e cenas de bastidores de Pink “refletindo sobre ela e sua carreira, sobre a maternidade e o mundo em que vivemos — tudo com a honestidade e o senso de humor que aprendemos a esperar dela”.

Meu álbum finalmente está disponível! Assista ao filme exclusivo que trata sobre a criação do álbum – Somente no Apple Music!

O filme conta também com imagens de um show feito pela cantora em Los Angeles há alguns meses — o primeiro onde ela apresentou algumas das músicas dos novo álbum. Tanto o documentário como o disco estreiam hoje no Apple Music, então, fãs e simpatizantes, aproveitem!

On The Record: Niall Horan – Flicker

A Apple parece ter encontrado um bom caminho com essa série de mini-documentários “On The Record”, que sempre acompanha o lançamento de um álbum: é bom para o artista, que ganha uma dose extra de exposição, e para a empresa, que fortalece seu catálogo de conteúdo original. Uma semana após Pink, quem lançará o seu próprio filmete é Niall Horan, músico britânico ex-One Direction, cujo primeiro álbum solo, Flicker, também está perto de chegar às lojas (e plataformas de streaming musical).

A premissa é muito parecida à do documentário com Pink, acompanhando o artista no processo de concepção do seu novo trabalho e apresentando entrevistas, cenas de bastidores e trechos de shows, bem como partes das músicas incluídas no novo disco. O álbum e o documentário chegarão ao Apple Music no dia 20/10, daqui a exatamente uma semana.

Bang! The Bert Berns Story

Aqui, temos algo diferente — e, se me permitem, potencialmente mais interessante. Após o documentário “Clive Davis: The Soundtrack of Our Lives”, temos aqui mais uma obra de longa-metragem destinada a oferecer um olhar sobre o lado menos glamouroso da música. O filme é um estudo da vida de Bert Berns, um compositor que quase ninguém ouviu falar, mas escreveu alguns dos maiores hits do século XX, incluindo “Twist and Shout”, “Brown Eyed Girl” e “Piece of My Heart”.

Berns morreu, muito precocemente, em 1967; o documentário, portanto, é composto basicamente de imagens de arquivo suas e entrevistas com artistas que tiveram suas carreiras tocadas pelo compositor, como Van Morrison (cuja carreira foi lançada por ele), Keith Richards e Paul McCartney. O filme é dirigido pelo filho de Berns, Brett Berns, e narrado pelo músico Steven Van Zandt.

“Bang! The Bert Berns Story” chegará ao Apple Music no dia 24/10, uma terça-feira. Parece imperdível.

One more thing…

Perdoem-me pelo chiste — não, esse não é o nome de um documentário sobre Steve Jobs que pintará no Apple Music em breve. É só para falar brevemente sobre um assunto que tem a ver com os conteúdos em vídeo da plataforma de streaming musical da Maçã, embora não seja o lançamento de um filme em si.

O site The Real Deal relatou esta semana que a Apple estaria interessada em um local próprio próximo de Los Angeles para transformar em estúdio oficial das suas próximas séries e filmes originais. E o local que está sendo considerado pela Maçã não é nem um pouco espartano: trata-se de um espaço de escritórios, ainda em construção, de quase 8.000m2 perto de Culver City, na Califórnia — que, por sua vez, situa-se num local conveniente próximo de Hollywood e todas as suas estrelas.

Estúdio em Culver City que pode ser alugado pela Apple
Projeção de como ficará o espaço, quando concluído.

Segundo o site, a Apple estaria interessada em alugar o espaço — e estamos falando aqui de um boleto bem pesado: aproximadamente US$3,83 milhões (~R$12,1 milhões) por ano — e mover todas as suas operações de produção do conteúdo original do Apple Music para lá. É bom notar, aliás, que a Hackman Capital Partners (financiadora da construção do espaço) foi a responsável por construir a sede da Beats, hoje de posse da Apple, também em Culver City. Ou seja, no fim das contas, estão todos em família.

Será que veremos, em breve, um “Apple Studios”?

via MacRumors: 1, 2; AppleInsider: 1, 2

Posts relacionados

Comentários