Apple ganha classificação “B-” em avaliação de eletrônicos mais verdes do Greenpeace

Em mais uma pesquisa referente aos esforços de empresas para não prejudicar o ambiente, o Greenpeace publicou o seu Guide to Greener Electronics (Guia para Eletrônicos Mais Verdes), o qual classifica as práticas ambientais de 17 grandes empresas (incluindo Apple, Google, Amazon, Microsoft, Sony, Samsung, entre outras).

Parece que todos os esforços da Maçã realmente estão fazendo efeito; pelo menos nesta classificação que avaliou energia, consumo de recursos e produtos químicos, a Apple conseguiu uma das melhores notas! Ela ficou em segundo lugar, atrás apenas da Fairphone, que tem como objetivo principal criar dispositivos amigáveis para o ambiente com o mínimo impacto ambiental possível.

Greenpeace - Greener Electronics

A Apple ganhou “A” em esforços envolvendo energia sustentável (o que não é nenhuma novidade, já que existem na empresa diversas iniciativas com esse foco), “B” pelo uso de produtos químicos perigosos e “C” para consumo de recursos.

Juntando todos os quesitos, porém, a Maçã conseguiu “B-“, uma nota bem mais alta que as das outras gigantes como Microsoft (“C-“), Sony (“D+”), Google (“D+”), Samsung (“D-“) e Amazon (“F”). A melhor nota, conforme comentamos, foi da Fairphone (“A”).

De acordo com o Greenpeace, a Apple é a única empresa a estabelecer um objetivo de energia renovável tanto para as suas próprias instalações quanto para a sua cadeia de fornecimento, com vários de seus fornecedores tendo se comprometido a usar energia 100% renovável.

Apple Greenpeace nota

Algo que somente a gigante de Cupertino e o Google conseguiram fazer foi eliminar completamente a presença de cloreto de polivinilo (PVC) e de retardantes de chama bromados (BFRs) dos seus produtos.

Diversos quesitos da Apple foram elogiados pelo Greenpeace, porém nem tudo são flores. Em relação ao que ainda precisa melhorar, foi citada a “obsolescência planejada como um recurso de design”, afirmando que empresas como Apple, Microsoft e Samsung estariam entre as que “estão indo em uma direção errada” quanto ao design de produtos sustentáveis. Nesse quesito, HP, Dell e Fairphone foram aprovadas por criar produtos mais reparáveis e com componentes facilmente atualizáveis.

Todo o relatório do Greenpeace sobre a Apple pode ser lido neste arquivo em PDF.

De um modo geral, sabemos que ainda há uma estrada longa para trilhar, mas a nota recebida mostra que a Maçã está no caminho certo.

via MacRumors

Posts relacionados

Comentários