O consumidor no geral normalmente olha para lançamentos de produtos e avalia se o que eles oferecem lhe interessa/fará diferença na sua vida e, principalmente, se pode pagar por ele.

Um geek com a conta bancária rechonchuda não precisa pensar muito nisso. Normalmente eles se enquadram na categoria de “early adopters”, isto é, compram tudo o que surge de novo no mundo da tecnologia porque gostam e querem o que há de mais novo/diferente por aí.

É o caso de Steve Wozniak, cofundador da Apple. Mas desta vez, com o iPhone X, ele disse à CNBC que não viu motivos para comprar o aparelho logo no seu lançamento.

Eu prefiro esperar e observar, neste caso. Estou feliz com o meu iPhone 8 — que é a mesma coisa que o iPhone 7, que é a mesma coisa que o iPhone 6. Por algum motivo, o iPhone X será o primeiro iPhone para o qual não irei atualizar logo no primeiro dia. Mas a minha esposa irá, então terei um de perto para conferir.

Voltando à coisa do consumidor em geral, também compreendo que a “grande massa” dê muito mais valor a mudanças exteriores (no design) do que interiores, mas muito me impressiona alguém como o Woz dizer que os iPhones pouco mudaram (ou não mudaram nada?) nos últimos anos.

Sendo bastante justo com o Woz, ele declarou também na mesma entrevista que na verdade não tem dado muita bola hoje em dia para smartphones, estando mais interessado em carros elétricos e afins. Aí, tudo bem… 😉

via Cult of Mac

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…