Apple rejeita atualização do app AstroPad Studio que transformava a câmera do iPad numa espécie de botão

Se você está de alguma forma inserido no ecossistema móvel da Apple, certamente já ouviu falar da Astro HQ — e se não, deveria, pois trata-se de uma das desenvolvedoras mais criativas e com nível de produtos mais interessantes dos últimos anos (vide o Luna Display). Toda essa criatividade, entretanto, encontrou um pequeno obstáculo esta semana… dentro da própria Apple.

Publicidade

Explica-se: a desenvolvedora estava tirando as cortinas da mais recente atualização de um dos seus principais aplicativos, o AstroPad Studio, com uma ideia simples, porém engenhosa, em que a câmera frontal dos iPads transformar-se-ia numa espécie de botão — bastaria tocar ali para que um menu contextual aparecesse na tela. O recurso, que também estava disponível nas versões de teste do app para o Luna Display, era uma excelente forma de deixar a interface mais livre (o que é particularmente importante nesses aplicativos de produtividade) e fazer uso de uma parte do hardware não explorada pelos programas.

Recurso rejeitado do AstroPad Studio que transforma a câmera do iPad num botão

A ideia, entretanto, foi prontamente rejeitada pela Apple, que citou uma diretriz da App Store proibindo aplicativos que “alterem ou desativem as funções dos botões do aparelho, como os de volume ou o interruptor do modo silencioso, ou outros elementos da interface de usuário nativa”. Com isso, o “botão da câmera” terá de ser removido da atualização para o AstroPad Studio para que a Apple aprove o update; o aplicativo do Luna Display também terá que ser operado para a retirada da engenhoca quando for ao ar na App Store.

Publicidade

Apesar de a decisão da Apple não citar nominalmente as razões específicas para a rejeição do recurso, não é difícil de pensar que muitos usuários sentiriam-se incomodados com o fato de que os apps precisariam ter, basicamente, a câmera frontal do iPad ligada a todo tempo para detecção de luz (ou falta dela). Tal comportamento poderia trazer problemas para a bateria do aparelho e também possivelmente abriria espaço para outros aplicativos maliciosos que quisessem capturar imagens da câmera secretamente — coisa que nós já lembramos que é possível nesse artigo.

Portanto, no fim das contas, por mais que a ideia fosse boa, não tenho como ponderar que a Apple tem uma certa razão — neste caso. O que vocês acham?

via MacRumors

Publicidade
Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…