Segundas versões beta do iOS 11.2, do tvOS 11.2, do watchOS 4.2 e do macOS High Sierra 10.13.2 já estão disponíveis [atualizado 3x: beta pública com Apple Pay Cash]

Como um relógio bem calibrado, exatamente uma semana após as primeiras versões, a Apple está liberando as segundas versões de testes dos próximos updates de seus sistemas operacionais: iOS 11.2 (compilação 15C5097d), tvOS 11.2 (15K5090c), watchOS 4.2 (15S5090c) e macOS High Sierra 10.13.2 (17C67b).

A segunda versão beta do Xcode 9.2 (compilação 9C34b) também já foi disponibilizada para desenvolvedores.

Por enquanto, as novas betas estão disponíveis apenas para desenvolvedores, mas não deve demorar até que eles apareçam no Apple Beta Software Program (exceto, como de costume, o watchOS, que não faz parte da brincadeira). Nós, claro, avisaremos quando este for o caso.

Aos testadores de plantão: algumas novidades nos novos betas? Compartilhem suas experiências nos comentários, logo abaixo.

Atualização 06/11/2017 às 19:45

As novas betas dos sistemas trazem ao menos uma novidade interessante: são os primeiros a oferecer aos desenvolvedores que trabalham com o modelo de assinaturas a possibilidade de oferecer preços introdutórios com desconto. Isto é, se você tem um app cuja assinatura mensal custa US$4,99, poderá atrair novos assinantes oferecendo um desconto pelo qual o valor nos três primeiros meses cai, digamos, para US$0,99 — pois é, a App Store não permitia esse modelo anteriormente.

As segundas versões beta do iOS 11.2, do macOS High Sierra 10.13.2 e do tvOS 11.2 já trazem a mudança. Falando especificamente do tvOS, a mais recente beta traz mais uma novidade: um novo recurso denominado AVDisplayManager, que permite que desenvolvedores troquem o modo de vídeo de acordo com a taxa de quadros e HDR do conteúdo em questão.

via 9to5Mac

Atualização II, por Priscila Klopper 07/11/2017 às 17:02

Como previsto, agora as segundas versões beta estão disponíveis também para membros do Apple Beta Software Program.

Além disso, finalmente é agora possível testar o Apple Pay Cash, que permite mandar dinheiro via iMessage — é claro, somente nos países onde o Apple Pay está disponível, o que não é (ainda) o caso do Brasil.

Confira algumas screenshots do recurso — lembrando que a interface já foi adaptada para o português apenas por honra da firma e, por ora, não poderemos utilizar o serviço por aqui:

Atualização III, por Bruno Santana 08/11/2017 às 19:55

Hoje, o Apple Pay Cash ganhou a internet — e não foi porque o serviço é particularmente bom ou ruim, tampouco porque a Apple anunciou uma novidade interessante para ele. Não: as pessoas simplesmente estão amando o nível de detalhe posto pela Maçã na interface de usuário dele.

A bola da vez é o cartão digital do Apple Pay Cash — que existe para que você possa fazer pagamentos com o dinheiro recebido por meio da plataforma. O efeito posto no elemento está causando muito boa impressão nos usuários; muitos festejaram o sucesso como um sinal de que a atenção aos detalhes não está perdida na Apple. Como afirma Matthew Panzarino, do TechCrunch:

O cartão do Apple Pay Cash tem um efeito iridescente que sincroniza com o giroscópio — e fica igual a um cartão real “holográfico”. Alguém na parte de design está se divertindo.

Legal, não? 😃

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários