Fornecedora da Apple anuncia que começará a fabricar componentes para dispositivos de realidade aumentada… mas para quem?

Não é de hoje que vemos especulações acerca de um possível dispositivo da Apple dedicado especialmente às experiências de realidade aumentada (AR) — de fato, desde que a Maçã declarou seu amor pela tecnologia e resolveu fazer dela um grande chamariz dos seus aparelhos, rumores sobre um “Apple Glass” ou coisa parecida rolam aos borbotões na internet. Agora, o anúncio de uma parceira de Cupertino vem botar mais lenha nessa fogueira.

De acordo com a Nikkei, o CEO da taiwanesa Catcher Technology (que apareceu aqui recentemente, citada como uma das empresas que possivelmente fabricará as estruturas de metal dos próximos iPhones), Allen Horng, anunciou a investidores e analistas numa conferência de resultados financeiros que a companhia começará a fabricar peças externas para um dispositivo de realidade aumentada, sem especificar qual seria a parceira para a qual eles estariam trabalhando no projeto.

Com base no que nós aprendemos, eles [dispositivos AR] precisam ser bonitos e leves o bastante para se utilizar… isso faz com que as carcaças desses dispositivos sejam particularmente difíceis de fabricar, e por isso ainda temos muitos desafios a superar no momento.

A descrição de um produto “leve e bonito”, naturalmente, levanta a suspeita de que a parceira da Catcher na missão seja justamente a Apple. Ainda que nada esteja confirmado, outros rumores também reforçam essa possibilidade, como aquela provável parceria da Maçã com a Carl Zeiss para o desenvolvimento de um dispositivo desse tipo.

Seja lá qual for a resposta para isso tudo, o certo é que ainda teremos que aguardar um tempinho até que possamos colocar em nossos rostos o (possível) “Apple Glass”. E você, acha uma boa ideia?

via MacRumors

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários