Apple está trabalhando com a Intel em um modem 5G para futuros iPhones [atualizado]

A Apple já usa modems da Intel em alguns iPhones, até considerando a grande disputa judicial que vem travando com a Qualcomm em tribunais pelo mundo todo. Mas ela não é besta e sabe que os chips da Qualcomm são, hoje, os melhores que um smartphone pode ter.

Então, possivelmente já deixando a batalha dos modems 4G/LTE para trás, a Apple estaria trabalhando junto à Intel em modems… 5G.

O desejo da Maçã, segundo fontes da Fast Company, seria abandonar completamente os modems da Qualcomm em prol dos da Intel já em 2018. Mas, obviamente, tudo dependerá de quão bom eles conseguirem deixá-los a tempo. Internamente, a Intel vê a oportunidade como um “must-win”.

Mesmo se conseguir esse feito já para o ano que vem, ainda não estaríamos falando dos modelos 5G. Estes só deverão chegar aos iPhones em 2019 ou 2020, até porque nem haveria redes celulares prontas para usá-los tão cedo.

A Apple obteve autorização para fazer testes em redes 5G há poucos meses. A próxima geração de redes móvel será não só mais rápida que a atual (10-100x), mas promete reduzir bastante a latência na troca de dados. Ela também deverá utilizar antenas com frequências de longo alcance, para facilitar e agilizar a sua disseminação por cidades.

via AppleInsider

Atualização 17/11/2017 às 15:44

Enquanto esse novo modem 5G não fica pronto, o analista Ming-Chi Kuo (da KGI Securities) aposta que, para os iPhones de 2018, a Apple ainda utilizará modems tanto da Intel (XMM 7560) quanto da Qualcomm (SDX20) — embora a azulzinha já fique com a maior parte dos pedidos, cerca de 70-80%.

Os chips do ano que vem terão a tecnologia MIMO 4×4 (contra os atuais 2×2) e serão mais rápidos em redes 4G/LTE, segundo ele, além de também suportar dual-SIM dual standby (DSDS), que permite dois chips serem ativados simultaneamente com apenas um modem.

Quanto a essa última tecnologia, dificilmente veremos um iPhone com duas bandejas para SIM. Na minha visão, o mais provável é que um deles seja um eSIM, integrado à placa lógica tal como ocorre nos Apple Watches Series 3 (GPS + Cellular).

via AppleInsider

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários