Anatel começará a bloquear celulares piratas em maio do ano que vem; faixa dos 2.300MHz é reservada para serviço de telefonia

Essa bola foi cantada há alguns meses, mas agora é oficial: a Agência Nacional de Telecomunicações está começando a colocar datas no seu plano de bloquear celulares piratas e, eventualmente, extirpar a existência deles em território nacional. A Anatel definiu hoje o início do fim para os dispositivos popularmente conhecidos como “xing-lings”: 9 de maio de 2018.

Nessa primeira fase, os aparelhos irregulares do Distrito Federal e de Goiás serão bloqueados; em seguida, outros estados seguirão a prática em mais duas datas, dezembro de 2018 e março de 2019. Antes de cada uma dessas datas, inicia-se um período em que os aparelhos afetados começarão a receber mensagens da Anatel informando a situação e a data do seu bloqueio.

Mais precisamente, as datas de início dos avisos e do bloqueio definitivo, por estado, serão as seguintes:

  • Distrito Federal e Goiás: 22 de fevereiro (início dos avisos) e 9 de maio de 2018 (início dos bloqueios);
  • Acre, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins: 23 de setembro (início dos avisos) e 8 de dezembro de 2018 (início dos bloqueios);
  • Demais estados: 7 de janeiro (início dos avisos) e 24 de março de 2019 (início dos bloqueios).

Entretanto, a coisa não é tão drástica assim — isto é, se você já tem algum aparelho pirata, ele não será bloqueado; apenas os dispositivos ativados após o início da fase de notificações em cada estado é que serão desativados “à força”. Não que faça muita diferença, afinal, esse tipo de aparelho não costuma ter uma vida útil muito superior a um ou dois anos, mesmo…

Lembrando também que não é todo aparelho não-homologado pela Anatel que cairá nas garras do órgão — se fosse desta forma, vários modelos de iPhones importados correriam risco em território nacional. Apenas dispositivos com números IMEI irregulares serão incluídos na operação da agência (se você tem dúvidas sobre a procedência do seu aparelho, basta checar se o número IMEI fornecido na caixa dele e aquele que aparece ao discar *#06# batem. Caso sejam diferentes, é bem possível que você esteja com um dispositivo irregular).

Frequência de 2.300MHz

Em uma nota relacionada, a Anatel publicou recentemente uma resolução que pode potencialmente melhorar (pelo mínimo que seja) o desempenho das nossas redes de telefonia celular. A decisão da agência determina que a faixa de frequência entre 2.300MHz e 2.400MHz seja limpa para ser utilizada pelo setor de telecomunicações.

Atualmente, as faixas utilizadas pelos serviços de telefonia no espectro de frequências são as dos 700MHz, 1.800MHz e 2.500MHz (para o 4G) e 800MHz, 900MHz, 1.900MHz e 2.100MHz (para o 2G e 3G), totalizando 997MHz dedicados ao setor de telecomunicações. Mesmo com os 100MHz extras que entrarão em breve, nosso índice ainda está muito abaixo dos 1.960MHz mínimos recomendados pela União Internacional de Telecomunicações.

De qualquer forma, a notícia de uma nova faixa disponível para o tráfego de dados sempre é bem-vinda — ainda mais considerando que o número de smartphones no Brasil cresce assustadoramente a cada dia e a capacidade das redes não vem acompanhando o ritmo. Boa parte dos smartphones vendidos hoje no país — incluindo todos os iPhones desde o SE — já são compatíveis com a nova faixa que há de ser disponibilizada, então poderemos aproveitar da novidade muito em breve.

via G1, Tecnoblog

Posts relacionados

Comentários

30 comments

  1. “Não que faça muita diferença, afinal…”

    Faz muito diferença sim brother. Se trata da liberdade do cidadão.

    Eles não dão conta do planejamento das cidades e te proíbem de andar de carro com o rodízio.
    Eles não dão conta de garantir segurança e te proíbem de portar arma.
    Eles não dão conta de estimular o desenvolvimento da indústria interna e te proíbem de importar produtos.
    Eles não dão contam de se organizar e contar os gastos e te proíbem de usufruir do suor do teu trabalho criando e aumentando mais impostos.

    Todas as vezes que eles falham com as obrigações mínimas, acham que podem resolver magicamente tudo criando leis. E leis que tiram ainda mais os direitos do cidadão.

    Criam o problema pra vender a solução.

    Isso daí não é sobre um aparelho celular, segurança, mercado, etc.
    É sobre mais uma coisa que o governo sujo quer controlar. Eles querem controlar tudo.

  2. quando começarem a aparecer casos de tumores cerebrais por causa de telefones que emitem radiação além do permitido, aí sim, vamos ver se a tal liberdade vai curar os que usavam aparelhos piratas.

  3. Qual é o índice desses aparelhos no mercado nacional? Certamente mínimo.

    PS: Não confundir cópias piratas de aparelhos conhecidos com qualquer aparelhos chinês que tem aos montes no mercado nacional (eu sei que você explicitou “HiPhone”, mas só para não esquecer).

  4. Tá doido? Tumor por radiação de celular?

    Quanta bondade do governo santo protetor. O tempo todo intervindo na vida privada do cidadão porque o cidadão é estúpido né. Tem que ter alguém como pagem dizendo o que fazer e o que é o melhor o tempo todo.

    Assim a gente fica 100% dependente dele.

    Cara o governo quer dinheiro. O tempo todo. Só isso. Tá pouco se lixando com saúde, educação, etc.

    Querem bloquear simplesmente porque colocaram outra exigência de venda que é ser homologado pela Anatel. Ou seja, forçar a passar por dentro do sistema pra garantir o imposto.

    O que a anatel manja? Nossa Internet é um lixo e o que ela faz? Aqui a gente não sabe nem fazer asfalto direito e vão querer regular tecnologia.

  5. Como foi dito no texto do Bruno Santana, pra continuar funcionando após o bloqueio, não precisará ser homologado.
    Além disso, não é só tumor na cabeça e outros possíveis males à saúde que se quer evitar, mas também interferências e oscilações no sistema, acusadas por aparelhos que não seguem padrões nenhum de qualidade, que afetam seu desempenho.

  6. A energia contida nas ondas eletromagnéticas com estas frequências é absurdamente desprezível. Não causam absolutamente nenhum mal às nossas células, que dirá um “tumor cerebral”.

  7. “Voz” opera atualmente sempre em 2G, 3G ou 4G. Não são coisas separadas (sinal para dados = sinal para voz). Resta saber se o espectro será para 2G, 3G ou 4G (aposto que será para esta última).

  8. Controlam nada. Isto aqui é uma esculhambação danada. Só sabem roubar e dar amparo à estas operadoras incompetentes e falidas. Cadê os bloqueios de sinais nas cadeias? Estão fazendo é o joguinho das operadoras. Só sabem enfiar impostos em nossa guela abaixo. Telefones caros, serviço péssimo e impostos estratosféricos. Fala sério!

  9. Você tem toda razão. Anatel preocupada com usuários! Kkkkk As agências reguladoras detonadas por Lula e Dilma se tornaram ferramentas de manobra dos prestadores de serviço. Estão muito mais preocupadas com os lucros das falidas operadoras do que com o bem estar dos consumidores. Isto é uma tudo uma máfia.

  10. Muito obrigado por essa resposta. Popou-me tempo de responder a esse maluco.

    Já ia responder ontem, mas as “obrigações” do fim de semana me deixaram com preguiça.

  11. Eu tenho uma pergunta….
    O meu não é xiling ling, mas a empresa não atua no Brasil “Cassio” vou ter meu celular de botão bloqueado ?

  12. Acredito que não. Porque os telefones xing ling usam IMEI de forma irregular. Se o seu telefone usa IMEI de forma irregular, ai vc poderá ter algum problema. Do contario, não.

  13. Acredito que seja 4G também. As operadoras começarão a permitir que os telefones conectem em mais de uma frequência ao mesmo tempo para proporcionar melhores conexões aos telefones. Acho que apartir do iPhone 6S e SE eles são habilitados a utilizar mais de uma frequência ao mesmo tempo.

  14. Por sinal, VOZ com 4G só esta em funcionamento na TIM.
    Em outras operadoras, o telefone é obrigado a ir para a rede 3G ou 2G.
    Se outras operadoras ja começaram a utilizar VOZ no 4G, não sei dizer. Entretanto na tim afirmo que sim.

  15. Seria ótimo. O que percebo na Vivo é que a velocidade do 3G e do 4G são muito parecidas, seria ótimo se pudessem ser combinadas e somadas.

  16. De fato. Tambem não notei nada de extraordinário no 4G da vivo.
    O que percebi que a demora da resposta do 4G é menor do qu no 3G.
    As vezes jogo online no 3G e fico com uns lags. No 4G não costuma acontecer

  17. Uma verdadeira aula de como responder a um comentário de “HATER”, sem descer ao mesmo nível. Já tive essa paciência no passado.

  18. Sobre essa discussão que tá rolando aí: a Anatel não está preocupada, absolutamente, com radiação extra de celulares ilegais. Ela, na verdade, está defendendo o seu “espírito de corpo”, ou seja, defendendo o cabidão de emprego que é, punindo a possibilidade do cidadão escolher um xing ling a altura de seu poder aquisitivo, fora do esquema de altos impostos e etc. E proibindo o direito de escolha do consumidor. O Estado não quer cuidar de tudo porque é “responsável”. Ele se mete em tudo porque quer controlar e arrecadar. E empregar seus apadrinhados. Menos Estado já! E viva o livre mercado e o direito de escolha: até de ter tumor no cérebro.

Deixe uma resposta