Código-fonte do famoso computador Lisa, de 1983, será liberado para todos em 2018

Muitos de vocês devem conhecer a história do Lisa, computador da Apple lançado em janeiro de 1983. Aos que não conhecem, trata-se do primeiro computador com uma interface gráfica.

Ainda assim, mesmo com toda essa revolução, ele foi um fracasso comercial. Por outro lado, estamos falando de um produto importante na história da Apple, como bem lembrou o Business Insider, por ter sido a fagulha a qual despertou o conflito entre Steve Jobs e John Sculley (até então CEO da Maçã) que, como todos nós sabemos, acabou culminando na saída do cofundador da empresa.

Jobs foi fundamental no desenvolvimento da máquina. Foi ele quem convenceu a Xerox a liberar o acesso ao seu famoso PARC, permitindo que a equipe do Lisa visitasse o local e brincasse com os protótipos de interface gráfica. Na época, Jobs disse que o nome Lisa era um acrônimo para Local Integrated System Architecture (Arquitetura de Sistema Local Integrado); mais tarde, porém, Jobs assumiu que a máquina uma homenagem à sua filha mais velha, Lisa Nicole Brennan-Jobs.

O Lisa era de fato revolucionário: tinha janelas e ícones, era possível classificar documentos individuais em pastas, exigia um mouse para ser utilizado… algo até então impensável. De acordo com a Apple, foram gastos US$150 milhões no desenvolvimento do computador.

O problema foi que o Lisa chegou ao mercado custando uma fortuna. Você acha o iMac Pro caro? O Lisa, em 1983, foi lançado custando US$10 mil que, ajustado pela inflação, seria equivalente a cerca de US$24 mil nos dias de hoje. Paralelamente, embora não tivesse tanta tecnologia embarcada, a concorrência oferecia máquinas muito mais baratas.

Comercial do Lisa com Kevin Costner.

Três anos após o lançamento e com apenas cerca de 10 mil unidades vendidas, o Lisa teve o seu fim decretado; ele, porém, abriu caminho para o primeiro Macintosh, lançado em 1984.

Pois bem: 35 anos depois, o código-fonte do Lisa será liberado de forma gratuita e aberta para todos os interessados. A notícia foi dada na LisaList, um grupo de emails de entusiastas do computador.

Isso foi anunciado na LisaList. Muito emocionante se você é um fã do Apple Lisa.

Após conversão para UNIX e Pascal, todo o material está agora com a Apple para ser devidamente revisado. A empresa dando o aval, o Computer History Museum (que nós sempre visitamos, em nossos MM Tours) fará um artigo em seu site falando sobre a importância do software e liberará o acesso a ele.

Aos curiosos de plantão, tenho certeza de que isso será algo bem interessante de vasculhar/brincar. 😊

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários